Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sábado, 3 de fevereiro de 2024

Auxílio-aluguel a mulheres vítima de violência é aprovado após parecer do vereador Jeferson Siqueira

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), da Câmara de Cuiabá, vereador Jeferson Siqueira (PSD), nesta sexta-feira (02) ao dar parecer favorável pela derrubada do veto do prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), ao projeto de emenda aditiva da vereadora, Maysa Leão (Republicanos), afirmou que a obrigação da CCJR é respeitar o regime interno da Casa de Leis e aprovar projetos que refletem diretamente no bem-estar da população cuiabana.
Evidenciando que o trabalho da comissão é ser imparcial, Jeferson parabenizou a colega de parlamento por desenvolver propostas que auxiliam na proteção de mulheres em situação de vulnerabilidade na capital.
“O instrumento que rege as decisões da CCJ é exatamente aquilo que é constitucional e respeita os regimentos internos desta Casa. Ou seja, não tenho dúvida que esse projeto da vereadora Maysa Leão é constitucional e tem toda fundamentação, e mais que isso, reflete diretamente aqueles que dependem do poder público com as mulheres que são vítimas de violência doméstica e precisam, no mínimo, deste amparo imediato, parabéns vereadora. Portanto, quero deixar claro que a CCJ é imparcial!”, disse
O projeto de emenda aditiva acrescenta ao projeto de lei que disponibiliza auxílio-aluguel para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar no município de Cuiabá, uma cláusula que prioriza mulheres com mais de dois filhos menores de 5 anos e/ou com filhos com deficiências.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos