Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

segunda-feira, 15 de abril de 2024

ELEIÇÕES 2024: Lúdio poderá ser o mais votado no primeiro turno

Com seu estilo elegante, nada radical, o médico e deputado Lúdio Cabral (PT), lembra que a eleição de Cuiabá ainda não começou, e que os pré-candidatos mais afoitos, hoje vivendo a onda do “já ganhou”, podem perder o fôlego quando chegar a campanha de verdade.
Em entrevista aos jornalistas Pablo Rodrigo e Vinicius Mendes, de A Gazeta, o médico e deputado estadual Lúdio Cabral (PT) fez uma crítica os pré-candidatos à prefeitura de Cuiabá que já têm se mobilizado neste momento em busca do cargo. Ele lembra o óbvio, que muita gente quer ignorar convenientemente: uma eleição é “maratona” e “às vezes quem está acelerado hoje, não tem fôlego para chegar à campanha em condições”.
Lúdio já foi oficializado como candidato do PT ao cargo de prefeito de Cuiabá. No entanto, como o Partido dos Trabalhadores faz parte de uma federação com o PC do B e com o PV, os três partidos devem definir um nome para a disputa. O vice-prefeito José Roberto Stopa é outro que busca ser o escolhido da Federação.
“A direção dos três partidos tem se reunido com frequência, com regularidade e tem uma posição amadurecida, de tomar a decisão por consenso. Isso vai acontecer no tempo certo. O ideal seria que nós já tivéssemos tomado esta decisão. Não tomamos, paciência, vamos continuar conversando para dar conta dessa tarefa”, disse Lúdio em entrevista na última de quarta-feira (10) aos jornalistas de A Gazeta.
deputado, entretanto, afirmou que não é preciso ter pressa, que por experiência própria sabe que eleição a cargo majoritário é “uma maratona” e ter pressa para entrar na disputa pode acabar não sendo a melhor opção.
“Eleição majoritária é uma maratona, não é uma corrida de 100 metros, às vezes quem está acelerado hoje, não tem fôlego para chegar à campanha em condições de disputa e em condições de vitória. Por isso a minha tranquilidade, tudo no tempo certo. É melhor que a gente espere um pouco mais para ter uma decisão madura, de consenso, de união na federação do que insistir em uma decisão antes que ela esteja amadurecida. […] Então assim como você só chupa uma manga depois que ela está madura, não adianta insistir em comer uma fruta verde entendeu?”, disse.
Ele também reconheceu os esforços de Stopa, em defender seu nome para a disputa, mas reforçou o resumo da ópera: o candidato será escolhido em unidade entre os três partidos da Federação.
FÁVARO, COM LÚDIO
Vale destacar que a candidatura de Lúdio já conta com o apoio do PSD, do ministro Carlos Fávaro, hoje líder informal da oposição ao grupo do governador Mauro Mendes (União).
PAUTA MUNICIPAL
O peso da entrada de Lúdio na disputa já está sendo sentido nas redes sociais, com a circulação dos primeiros ataques pessoais ao deputado, além da tentativa de deslocar a disputa municipal para a polarização entre Lula e Bolsonaro. Os cuiabanos e as cuiabanas vão querem saber qual é o candidato a prefeito mais preparado para cuidar da saúde pública, dos bairros, do transporte e da habitação popular. Em óbvio, os eleitores sabem que Fábio Garcia, Mauro Mendes, Lula ou Bolsonaro não serão candidatos. A pauta é municipal, a razão do voto será o debate sobre os problemas de Cuiabá e o julgamento eleitoral definirá escolha, entre verdadeiros candidatos, aquele mais preparado para enfrenta-los.Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos