Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

O MATOGROSSO

O MATOGROSSO
Fatos, Realidade e Interativo com o Público

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

terça-feira, 2 de abril de 2024

SEGURANÇA PÚBLICA: Lei que com combate receptação de bens roubados e furtados é aprovada pela Assembleia e vai para a sanção do Governador

De iniciativa do Deputado estadual Wlad Mesquita, o Projeto de Lei 347/2024, que visa o combate à receptação de bens roubados e furtados, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT). O texto, que tem como coautor o presidente da Casa, Deputado Eduardo Botelho, segue para sanção do Governo do Estado.
De acordo com a nova Lei, os estabelecimentos comerciais de materiais recicláveis e bens móveis usados, tais como autopeças, eletrônicos, celulares, tablets, eletrodomésticos, móveis e bicicletas, serão obrigados a manter um registro completo de todas as suas entradas e saídas, contendo a identificação dos vendedores e compradores.
O Deputado Estadual responsável pelo Projeto, Wlad Mesquita, destacou a importância desta iniciativa em fortalecer a Segurança Pública e proteger os cidadãos mato-grossenses. Ele ressaltou que esta é mais uma ação em busca do aprimoramento das políticas de segurança e da promoção do bem-estar da população do estado e afirmou ainda que esta é uma medida crucial para a segurança pública.
De acordo com Wlad, o roubo e o furto só ocorrem porque existe um mercado paralelo para isso: a receptação. Esta nova lei tem como objetivo principal impedir o comércio de bens subtraídos de seus legítimos proprietários. “Além disso, facilitará a recuperação desses bens, uma vez que será obrigatório que os estabelecimentos mantenham um cadastro completo de compradores e vendedores", destacou o parlamentar.
Agora, o Projeto de Lei 347/2024, que foi apresentado pelo político de Lucas do Rio Verde enquanto esteve atuando no legislativo estadual, segue para a sanção do Governador Mauro Mendes. A expectativa é que em breve entre em vigor em todo estado, garantindo assim maior transparência e controle nessas transações comerciais.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos