Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

GOVERNO DE MATO GROSSO

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

sexta-feira, 5 de julho de 2024

Em visita a Poconé, entidades públicas discutem ações para enfrentamento aos incêndios no Pantanal

A Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais e da Comissão Especial de Observatório Socionômico, promoveu mais uma ação de planejamento para enfrentar os incêndios florestais no Pantanal mato-grossense. Na última terça-feira (3), o presidente dos dois colegiados, deputado Carlos Avallone (PSDB), liderou uma comitiva até Poconé para discutir ações necessárias para manter a situação no bioma controlada.
Em reunião com o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM/MT), foram expostas as dificuldades encontradas. “O Pantanal traz para nós o desafio característico do terreno, uma planície alagável. Isso dificulta o acesso. A maioria dos locais onde estão os focos de incêndio hoje só se acessa via embarcação ou aeronaves e isso dificulta o combate. Nos locais onde a gente consegue levar uma estrutura maior de maquinário, a gente tem mais sucesso e consegue combater incêndios com mais celeridade”, avaliou o diretor operacional adjunto BM, tenente-coronel Rafael Ribeiro Marcondes.
Ele também falou do problema de comunicação enfrentado na região. “A comunicação fica estrita ao alcance dos rádios e isso dificulta. Quando a gente espalha as equipes no terreno, a gente precisa ter informação o quanto antes das ações que estão sendo desenvolvidas. Então, a internet via satélite é uma ferramenta importante. A gente conseguiu um pouco com o Sindicato Rural de Poconé, o que tem suprido as necessidades numa frente de incêndio, mas a gente precisa ampliar isso. Serão distribuídas equipes de maneira estratégica em todas as regiões do Pantanal e a gente precisa estabelecer esse link de comunicação”, reivindicou o bombeiro militar.
Hoje a corporação atua para combater dois incêndios na região do Pantanal. Enquanto uma das frentes de trabalho está mais avançada, com o fogo praticamente extinto, a outra ainda exige bastante atenção e esforços concentrados. Ainda assim, a situação é considerada sob controle no estado, essa condição foi atribuída a todo o trabalho feito antes do início do período de seca.
“A gente está trabalhando desde novembro para traçar essas estratégias em conjunto o produtor rural, Corpo de Bombeiros, Sema [Secretaria Estadual de Meio Ambiente], tanto na prevenção como no primeiro combate efetivo e rápido a qualquer foco de incêndio no Pantanal. O primeiro foi há cerca de 30, 40 dias e conseguimos debelar rapidamente. Ele poderia ser muito maior se a gente não tivesse feito esse trabalho com apoio do governo do estado, que disponibilizou maquinário da Sinfra [Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística] para fazer aceiros, abrir estradas. E quiçá nós já estaríamos na mesma situação de Mato Grosso do Sul hoje”, disse o presidente do Sindicato Rural de Poconé, Raul Santos Costa Neto.
Os esforços para que a situação não fuja de controle seguem, como explicou a secretária adjunta de Obras Rodoviárias da Sinfra, Nívea Calzolari. “Nós estamos fazendo estradas vicinais nos locais determinados pelo Corpo de Bombeiros, estamos limpando [esses terrenos] e fazendo aceiros para evitar que nos locais onde já têm pontos de fogo isso não se propague. A gente está tentando interceptar, por exemplo, algumas manchas de Mato Grosso do Sul para cá. Estamos fazendo reservatórios para que os animais possam beber água e servir de apoio para os Bombeiros encherem os caminhões-pipa”, descreveu. “Também aqui nesta fazenda estamos fazendo a ampliação da pista de pouso para que aeronaves de maior porte possam descer nesta fazenda”, completou, no espaço da obra.
“Nós precisamos estar todos integrados sob o comando do Corpo de Bombeiros, que conhece o Pantanal e os problemas do bioma. [Com] o pantaneiro e o bombeiro juntos nós vamos saber como combater o incêndio. Eles precisam de condições, que são dadas pela Sinfra. Nós precisamos de mais equipamentos e precisamos continuar liberando as estradas vicinais para que os Bombeiros tenham acesso aonde pega fogo. A gente sabe onde normalmente acontecem esses incêndios e nós já estamos nos preparando. Os Bombeiros estão fazendo isso com muita competência. A Prefeitura de Poconé já assumiu uma grande estrada vicinal que vai sair de Porto Cercado e vir até a Transpantaneira. Estamos trazendo mais equipamentos para cá, que vão abrir mais algumas vicinais”, resumiu o deputado Carlos Avallone.
“Todas essas negociações, esse empenho de várias agências e envolvimento de autoridades é muito importante, porque nesse momento a gente consegue levantar recursos, somar esforços também até juntamente com os proprietários rurais para fazer frente às demandas que vão surgindo “, concluiu o tenente-coronel BM Rafael Ribeiro Marcondes.
A visita técnica percorreu a rodovia Transpantaneira, estrada que cruza a região do Pantanal mato-grossense. A estrada já recebeu quatro poços artesianos e há previsão de instalação de mais dois. Junto a eles serão construídos reservatórios para armazenamento de água.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos