Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA
BOLSONARO NÃO!

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

"MT vai implantar Centro Avançado de Estudo e Capacitação para educadores"

O governo de Mato Grosso deverá implantar um Centro Avançado de Estudo e Capacitação de Educadores para a inserção de alunos autistas, diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista – TEA, na rede pública de ensino. De autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), o projeto 352/17 foi apresentado no início de agosto e será apreciado, nos próximos dias, pela Comissão Permanente de Saúde da ALMT. Se aprovado e sancionado pelo governador Pedro Taques (PSDB), esses alunos terão atenção especial diante da capacitação e aprimoramento dos professores.

“É mais um projeto que apresentamos com o intuito de contribuir com a formação escolar das nossas crianças e jovens que sofrem desse transtorno. Por isso, acreditamos que após amplo debate o projeto será aprovado pelos nobres colegas”, afirma Botelho.

ANÁLISE – No projeto é citado o renomado médico Dráuzio Varella, que explica as formas de autismo que é um transtorno global do desenvolvimento, marcado por três características fundamentais: inabilidade para interagir socialmente; dificuldade no domínio da linguagem para comunicar ou lidar com jogos simbólicos; padrão de comportamento restritivo e repetitivo.

Chama a atenção à dificuldade do diagnóstico precoce. Os sintomas podem aparecer nos primeiros meses de vida, mas dificilmente são identificados. O mais comum evidencia os sinais antes da criança completar três anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário