Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA

BOLSONARO X CLASSE TRABALHADORA
BOLSONARO NÃO!

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

"Emanuel inicia debate para a construção de um Centro de Atendimento ao Autista"

Criar uma política pública em nível municipal para que, por meio de um trabalho conjunto, possam ser trabalhadas medidas que proporcionem um grande avanço na inclusão social e na melhoria da qualidade de vida de crianças portadoras do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Foi com esse objetivo que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, se reuniu nesta segunda-feira (22) com representantes da Associação de Amigos do Autista de Cuiabá (AMA), do Ministério Público Estadual (MPE), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT), e da Câmara Municipal de Cuiabá. O encontro aconteceu na sede da Procuradoria Geral de Justiça e foi o primeiro passo para a construção de uma união entre as diversas esferas do poder público e a entidade representativa, no intuito de implantar em Cuiabá um Centro de Atendimento ao Autista. Conforme apresentado pelas representantes da AMA, o Centro deve ter capacidade para atender, inicialmente, pelo menos 100 das 217 crianças matriculadas na rede municipal de ensino, tornando a Capital uma referência para todo o estado em ações relacionadas ao tratamento do transtorno. Além disso, a estrutura deve se tornar uma primordial ferramenta nas áreas da saúde e educação, oferecendo um suporte multiprofissional e ajudando a suprir as principais necessidades de pessoas com TEA. No campo da saúde, por exemplo, diagnóstico precoce, medicação, nutrição adequada e a disponibilização de profissionais de fonoaudiologia, neurologia, psicologia e fisioterapia, devem compor o quadro da unidade. Na educação, o projeto deverá privilegiar a escolarização e inclusão das crianças, através de medidas como Atividades de Vida Diária (AVD) e Atividades de Vida Prática (AVP), construindo um plano de atendimento individualizado e flexível com a demanda de atendimento. “Desde que assumimos estamos em uma constante busca pela humanização. Juntamente com a inclusão social, essa é uma bandeira que carregamos e vamos levar até o fim do mandato. Por isso, aquilo que estiver ao nosso alcance não pouparemos esforços para colocar em prática. Temos a Lei Federal 12.764, de 2012, que institui uma política nacional de proteção dos direitos dessas pessoas e, agora, vamos trabalhar para estabelecer em Cuiabá. É claro que vamos fazer isso com todo cuidado necessário para que possamos deixar um verdadeiro legado para essa parte da população, pensando em sua manutenção a longo prazo”, comentou o prefeito. Segundo relatou a presidente da Associação, Kelly Cristina Viegas, a AMA já mapeou uma área no bairro Santa Cruz II, onde a construção do Centro de Atendimento pode ser executada. Além disso, o processo deve contar ainda com a participação da iniciativa privada, que ajudará na edificação do local. “É um projeto que já vínhamos trabalhando e hoje demos mais um importante passo para torná-lo realidade. Temos a esperança que esse projeto sai do papal e, no máximo, no próximo ano o local esteja funcionando. A reunião me deixou com um sentimento de muita felicidade e, tenho certeza, que é a felicidade de outras mães também”, afirmou Kelly. O vereador Lilo Pinheiro, que tem sido o principal apoiador da causa dentro da Câmara Municipal de Cuiabá, contou que realizou uma visita a cidade de Itaborai (RJ), onde existe uma estrutura parecida com a que deve ser montada em Cuiabá. De acordo com ele, no local foi possível percebe que o Centro é um instrumento público com a capacidade de amenizar as dificuldades enfrentadas por essas crianças. “A principal questão que me sensibilizou foi o fato de poder dar uma atenção especial para essas pessoas que precisam de uma maior excelência no serviço prestado por parte do poder público. Tenho plena convicção que, com o apoio da Prefeitura, do MP e da AL, esse projeto irá se tornar realidade”, destacou o parlamentar. Para o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, a reunião foi fundamental para encontrar um caminho para a solução e planejar um trabalho em conjunto, a fim de colocar em prática a ação. “A gente precisa ter esse tipo de construção e, assim, possamos fazer com que os grandes desafios fiquem mais suportáveis para cada um daqueles que estão dispostos a enfrenta-los. O que mais me deixa contente é fazer exatamente esse papel de intermediador para a criação de soluções que irão resolver os problemas e melhorar a vida das pessoas”, pontuou o procurador-geral. O ato, que resultou na criação de uma comissão que irá elaborar um estudo de implantação, levando em consideração aspectos estruturais e capacidade profissional, também contou com as presenças do secretário municipal de Educação, Rafael Cotrim, de representantes da Secretaria Municipal de Saúde, do procurador de Justiça, Paulo Prado, do promotor de Justiça, Gerson Barbosa, e da deputada estadual Janaina Riva.
Repórter: BRUNO VICENTE
Fotógrafo: Luiz Alves​

Nenhum comentário:

Postar um comentário