Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

"ATUALIZAÇÃO: Pediatras debatem crises convulsivas em crianças"

“Manejo das crises convulsivas em pediatria” será o tema da 1ª Reunião de Pediatria de 2018 realizada pela Femina Hospital Infantil e Maternidade. O evento, voltado para profissionais que atuam na especialidade, será ministrado pela pediatra e neurologista infantil, Viviane Cabral Quixabeira, a partir das 19h30 desta quarta-feira (28) no auditório da Femina. De acordo com os estudiosos, crise epiléptica é a descarga elétrica súbita, paroxística e autolimitada de um grupo de neurônios, causada por desequilíbrio entre os neurotransmissores excitatórios e inibitórios. Se houver atividade motora ela poderá ser chamada de crise convulsiva e maioria é autolimitada, mas nos casos em que ela tem maior duração ou recorrência pode gerar danos ao organismo, por isso os profissionais devem estar atentos para atuarem de forma rápida e eficaz.
“Discutir essas questões pode ser uma importante ferramenta para facilitar o diagnóstico e o tratamento precoces”, afirma Viviane. “O problema deve ser entendido como uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, e se não são devidamente controladas, podem causar um impacto negativo na saúde da criança, prejudicando o seu desenvolvimento normal”, completa a pediatra.
A Femina investe na capacitação da equipe e mantem reuniões como esta para atualizar os profissionais sobre a abordagem adequada para cada caso.
Nova atualização - A próxima atualização ofertada pelo hospital será em março. No dia 10 haverá curso prático de “Reanimação neonatal”, que tem objetivo capacitar enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas e outros profissionais da área da saúde que atendem ao neonato na sala de parto e/ou unidade neonatal a realizar/auxiliar nos procedimentos de reanimação em recém-nascidos. O programa é certificado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).
ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário