Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

sexta-feira, 9 de março de 2018

"Maria Auxiliadora Peixoto, a experiência da evolução tecnológica"

Em 3 de Maio de 1976, Maria Auxiliadora Peixoto de Moura começou a trabalhar na Prefeitura de Municipal de Cuiabá, época em o Executivo municipal era comando pelo prefeito Rodrigues Palmas. Aos 63 anos, a servidora pública de 42 anos de carreira se lembra do primeiro órgão em que atuou: a Secretaria de Saúde onde desempenhou suas funções durante seis anos. Foi nessa época que descobriu que a Secretaria de Administração estava oferecendo curso de datilografia (técnica de escrever máquinas de datilografia), profissão praticamente extinta devida á evolução tecnológica.
Após isso, são 36 anos como Agente Municipal na pasta de Administração, hoje intitulada Gestão. De acordo com Dora, apelido em que é conhecida pelos colegas, além de fazer grandes amizades, os anos de funcionalismo público lhe proporcionou aprender muito, principalmente, na área de administração.
Dora relata a dificuldade, na época, quando o computador surgiu e foi inserido em seu trabalho em substituição as máquinas de datilografia, quais ficaram em segundo plano.
"Por mais que eu soubesse datilografar, as teclas do computador, o mouse, os programas eram pra mim novidade, até ligar o computador era uma batalha, mas meus colegas de trabalho se dedicaram a me ensinar e hoje não consigo realizar minhas tarefas sem esta máquina", relembrou.
Trabalhando tanto tempo no mesmo órgão, Maria Auxiliadora teve a oportunidade de participar de diferentes gestões, dentre elas as dos prefeitos Gustavo Arruda, Roberto França e, atualmente, faz parte da equipe do prefeito Emanuel Pinheiro.
"Eu vejo que a administração atual está excelente. Apenas um ano a frente da administração o prefeito Emanuel tem feito muito por Cuiabá. Tenho orgulho de trabalhar pra ele", contou.
Mesmo com tanto tempo de serviço público e condições para se aposentar, Dora ainda reluta e explica que começou a trabalhar muito nova e não conseguiria ficar “parada”, como mesmo classificou.
A ideia da servidora é encerrar sua carreira ao final deste ano, mas com tanto empenho e entusiasmo não é nada confirmado.
"Já estou um pouco cansada, mas mesmo assim não sei se eu aguentaria ficar em casa o dia todo. Agora estou tentando melhorar meu plano de carreira pra poder me aposentar com um salário melhor e se tudo der certo, quem sabe este ano ou ano que vem dou entrada na minha aposentadoria", finalizou.
JULIA MILHOMEM
Luiz Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário