Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

sexta-feira, 27 de abril de 2018

"Sempre fui trabalhador braçal, da roça. E tenho orgulho disso", diz Dr. Xavier"

Ao parabenizar os trabalhadores brasileiros e do mundo pelo seu dia, (terça-feira, 1o.), o vereador retrocedeu aos seus tempos de plantador de banana em Bauxi, município de Rosário Oeste-MT. "Local de visitas regulares, prazerosas", confessa. "Trabalhar duro é dignificamente sob todos os aspectos. Ao olhar pelo retrovisor do tempo, vejo-me à vontade para, hoje, enaltecer o orgulho de integrar a classe trabalhadora braçal do País. Por muito tempo, na juventude, quase criança, trabalhei duro numa lavoura familiar, e resultou daí a minha formação em Odontologia e o atual posto de representante popular no Legislativo da capital, pelo qual sequencio trabalho ininterrupto".

Essas palavras são do vereador cuiabano Dr. Xavier, ao parabenizar os trabalhadores pelo seu dia, comemorado mundialmente nesta terça-feira, 1o. de maio. Ele enfatizou ser sempre honroso relembrar o suor derramado nas plantações de Bauxi, no dia a dia de labuta intensa, para depois colher os frutos desse esforço.
"Isso ainda acontece até hoje, pois se tornou costume prazeroso. Passo horas por ali, e, às vezes, saio da área plantada com calos nas mãos, porém feliz, realizado. Empunhar uma enxada não desmerece ninguém, apesar de, no meu caso, ela ter se tornado instrumento secundário de sobrevivência, visto que a odontologia ocupou seu lugar. Mas não perdi o costume roceiro, é o mais importante. Valorizar a classe trabalhadora, ademais, é obrigação cívica, mais do que mero reconhecimento".
Dr. Xavier também disse que o Brasil conquistou postos inestimáveis no decorrer das várias lutas encetadas pela categoria dos trabalhadores em busca dos seus direitos, nas últimas décadas. "Houve avanços trabalhistas distintos, é incontestável, ainda que, no Brasil, eles tenham valorização ainda pífia, a desejar. Basta fazer um comparativo disso aos trabalhadores de outros países, para termos noção precisa da inferioridade que representamos nesse setor, em termos de ganhos. Isso, apesar de muita persistência, obstinação em vencer as atrocidades impostas à classe laborial, principalmente à dos mais humildes. As lutas armadas de tempos idos contam mais sobre esse momento negro do trajeto trabalhador..."
Na sua avaliação, a comemoração ao Dia dos Trabalhadores deveria assim sintetizar "o que falta para que eles, os trabalhadores, possam efetivamente brindar sua importância no cenário nacional e mundial, não apenas uma mera data anual". Dr. Xavier vai mais além ao dizer que o ideal seria uma progressão de conquistas, elencadas anualmente, não a constatação de retrocessos ou paralisia de projetos voltados a atender os trabalhadores.
"Resta dar continuidade à luta, e é o que a categoria de trabalhadores tem feito com muita competência, sinalizando vetos a qualquer imposição prejudicial aos trabalhadores brasileiros, na somatória geral um dos mais penalizados no cenário mundial. O Brasil projeta crescimento, desenvolvimento, justiça social. Mas tal prosperidade não deve menosprezar quem contribui para sua ascensão gradual, com suor, lágrimas e remuneração incompatível. O trabalhador é e será sempre a personagem mais gratificante deste eldorado brasileiro que sonhamos a cada dia. E outros exemplos estão sediados nos vários polos do planeta".
João Carlos de Queiroz/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário