Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Conecte na ALMT

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?
O sorteio será dia 05.03.2019 Boa sorte

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Impostômetro do Brasil

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

"MONITORAMENTO: Detector de Ficha de Político mostra Pedro Taques como único candidato ao governo de MT sem processos"

No pleito deste ano o eleitor vai ganhar mais uma ferramenta para ajudar no seu poder de decisão. É o aplicativo Detector de Ficha de Político, do movimento Vigie Aqui, ligado ao Instituto Reclame Aqui. Entre os pré-candidatos ao Governo de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB) é o único político que não responde a processos na Justiça. Segundo o app, Wellington Fagundes (PR) e Mauro Mendes (DEM) estão com inquéritos abertos ou já respondem ação movida pelo Ministério Público, por corrupção e/ou improbidade.

Enquanto Pedro Taques não sofre ação na Justiça, Fagundes tem um inquérito e uma ação, e Mauro responde a uma ação por improbidade.
No caso de Wellington, ele é alvo de inquérito que apura crime de corrupção ativa, passiva, peculato e lavagem ou ocultação de bens. O inquérito 2340 corre no Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2006, ou seja, há 12 anos. Também pesa contra o senador a ação civil pública, n° 0001591-02.2014.4.01.3602, no Tribunal Federal Regional (TRF) da 1° Região.
Já o ex-prefeito de Cuiabá e pré-candidato pelo Democratas, Mauro Mendes responde a uma ação civil pública por improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público Federal (MPF), acusado de se beneficiar em fraude de processual em aquisição de empresa. A fraude em questão deu um prejuízo de R$ 700 milhões à União.
Mauro Mendes também é acusado por atos de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito em decorrência de suposta simulação de empréstimo para a aquisição de um apartamento de luxo em Cuiabá, penhorado em leilão judicial.
Aplicativo - O aplicativo usa reconhecimento facial e segundo os organizadores tem 98% de precisão, ao identificar o político fotografado. O app funciona onde o político estiver, seja em comerciais de TV, debates, anúncio de jornais, vídeos na internet e comícios.
O banco conta com governadores, vice-governadores e deputados federais eleitos em 2014. Senadores eleitos desde 2010, presidentes e vice-presidentes vivos, candidatos a presidentes e governadores, com base no Datafolha e Ibope.
O APP está disponível para IOS e Android, basta procurar nas lojas de APP por Detector de Ficha de Político.
Imprensa PSDB MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário