Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

"AÇÃO SOCIAL: Wellington apresenta projetos para desempregados e aposentados"

“Recomeço” terá vagas temporárias e qualificação para quem está desempregado há mais de um ano. “Prata da Casa” quer absorver servidores já aposentados. Pessoas desempregadas há mais de um ano em Mato Grosso terão uma nova alternativa de reinserção no mercado de trabalho e também de qualificação. Ontem, durante a propaganda eleitoral gratuita na televisão, o candidato do PR ao Governo do Estado, Wellington Fagundes, apresentou o programa “Recomeço”. A ideia é abrir vagas temporárias nos órgãos públicos para esse público-alvo. Os beneficiados vão trabalhar quatro dias por semana por 6h/dia. No outro dia, a programação é voltada para qualificação, cursos e treinamento. “Assim, vamos ajudar os desempregados a refazerem seus contatos, ao mesmo tempo em que sairão do programa mais qualificados e preparados para o mercado de trabalho do que quando entraram”, explica Wellington. Cada participante irá receber uma bolsa-auxílio mensal.
Outro programa divulgado ontem foi o “Prata da Casa”, que consiste na oferta de vagas especiais de trabalho no Estado para servidores que já se aposentaram. “É uma maneira de aumentar a eficiência da máquina pública usando a criatividade. Estamos falando de um grupo de profissionais que já recebeu investimento em qualificação por parte do Governo, e que têm a experiência que pode fazer a diferença no dia a dia”, pondera o candidato.
A atenção especial dada pelo republicano às ações sociais não é de agora. Um dos seus primeiros projetos de lei quando ainda era deputado federal foi a proposta de uma política nacional para a população de terceira idade carente. “Estamos falando de pessoas que não contribuíram para a previdência social, que não têm trabalho e que precisam da ajuda do Estado”, explica.
Pessoas com mais de 65 anos com esse perfil passaram a receber então o valor equivalente a um salário mínimo, vindo direto do Tesouro Nacional, e não da previdência pública. A proposta foi a base de construção do Estatuto do Idoso, em vigor até hoje, e também da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) – que também beneficia famílias de baixa renda que tenham filhos com algum tipo de necessidade especial. Somente em Mato Grosso, são 84.022 famílias atendidas. O benefício atinge mais de 5 milhões de pessoas em todo o Brasil.
“Toda ação do governo precisa ter como prioridade melhorar a vida das pessoas e isso só acontece quando se governa com olhar o humano. A população tem que ser prioridade”, afirmou Wellington Fagundes.
A coligação ‘A Força da União’, liderada por Wellington, reúne dez partidos na maior frente de oposição ao atual governo. Com Sirlei Theis como candidata à vice-governadora, a chapa majoritária tem Adilton Sachetti e Maria Lúcia Cavalli como candidatos ao Senado Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário