Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

"Governo Federal lança nesta 5ª edital para licitar quatro aeroportos em MT"

Previsão de investimentos poderá chegar a casa dos R$ 800 milhões, segundo comunicado do Palácio do Planalto. O Governo Federal lançará nesta quinta-feira, 29, o edital de concessão, em bloco, dos aeroportos Marechal Rondon, na região metropolitana de Cuiabá; de Sinop, de Rondonópolis e Alta Floresta. O evento acontecerá no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer, segundo informou o senador Wellington Fagundes (PR-MT), presidente da Frente Parlamentar de Logística de Transporte e Armazenagem (Frenlog). Na terça-feira, a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou os termos do edital. Com a publicação do edital no Diário Oficial da União serão confirmados os valores de outorga, lances iniciais mínimos, requisitos para participação no consórcio, entre outras informações. O bloco de concessões em Mato Grosso estima investimentos na ordem de R$ 763 milhões.
“Há muito estávamos ansiosos pelo trâmite desse processo de privatização. Trata-se de uma medida fundamental, que vai garantir investimentos e modernização dos nossos principais aeroportos” – frisou o republicano, que desde 2016 vem trabalhando junto ao Ministério dos Transportes, Secretaria de Aviação Civil e com a própria ANAC para concessão desses aeroportos.
Desse total, o Aeroporto Marechal Rondon deverá receber cerca de R$ 520 milhões. O projeto prevê ampliação de terminal de passageiros e maior operação para aeronaves, cujo pátio passará a ter 17 para 24 posições. Também está prevista a construção de uma nova pista de pouso e decolagem.
Fagundes lembrou que, no caso dos aeroportos de Mato Grosso, existem interessados de vários países e empresas operadoras internacionais que querem participar e já demonstraram interesse em participar dessas concessões. Na audiência pública realizada pela ANAC em Cuiabá, empresas da Espanha, Suíça, França e Argentina enviaram emissários para conhecer de perto os procedimentos.
A concessão em bloco dos aeroportos em Mato Grosso, na avaliação do senador Wellington, representa um grande avanço na logística de transporte em Mato Grosso. “O trabalho está surtindo resultados. Estamos em vias de concluir a duplicação da BR-163 no trecho entre Cuiabá e Rondonópolis, e estamos avançando rapidamente nos trâmites para garantir os recursos para implantação da Ferrovia de Integração do Centro Oeste, a FICO. Com certeza, Mato Grosso dará as respostas vigorosas a esses investimentos” – assinalou.
Além dos aeroportos em Mato Grosso, também serão lançados os editais de concessão dos aeroportos Eurico de Aguiar Salles, em Vitória (ES); Macaé, no Rio de Janeiro; Aeroporto Gilberto Freyre, em Recife (PE); Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte (CE); Presidente Castro Pinto, em João Pessoa - Bayeux (PB); Presidente João Suassuna, em Campina Grande (PB); Aeroporto Santa Maria, em Aracaju (SE); Zumbi dos Palmares, Maceió - Rio Largo (AL).
Da assessoria
Foto: Pedro França/Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário