Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

2ª Corrida do Legislativo Cuiabano

2ª Corrida do Legislativo Cuiabano
PA 2ª Corrida do Legislativo é uma realização da ASSCAMUC (Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Cuiabá) e será realizada no dia 21 de abril de 2019.

"AME,CUIDE E RESPEITE OS IDOSOS

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

segunda-feira, 11 de março de 2019

"ROGERINHO CONVOCA COMISSÃO E ÍCARO ENFATIZA REQUERIMENTO SOLICITANDO INFORMAÇÕES SOBRE AUMENTO DE TARIFA DE ÔNIBUS"

Os vereadores por Várzea Grande, Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) e Ícaro Reveles (PSB) debateram durante a sessão ordinária dessa quinta-feira (08.03), sobre o aumento da tarifa dos ônibus do município. Na tribuna, Rogerinho pontua que em Várzea Grande, o preço da tarifa no ano de 2018 subiu de R$ 3,60 para R$ 3,85. Já em 2019 foi reajustado para o valor atual de R$ 4,10. Por isto, o parlamentar pede que seja realizada uma Comissão para cobrar a redução do valor da passagem de ônibus no município.
“Em Cuiabá se uniram cinco ou seis vereadores e entraram com um requerimento ao Ministério Público de Contas pedindo o cancelamento do aumento da passagem de ônibus, que foi acatado. Hoje a tarifa da Capital voltou ao preço anterior. No requerimento dos vereadores cuiabanos, falam da péssima qualidade dos ônibus, da falta de pontos e sobre o número de veículos que não conseguem atender a demanda. Em Várzea Grande a situação não é diferente, e os nossos munícipes pagam caro pelo transporte sem uma prestação de um serviço de qualidade”, destaca o vereador.
O vereador Ícaro Reveles (PSB), autor de um requerimento aprovado na sessão ordinária do dia (28.02), que solicitou os estudos técnicos que justificasse esse aumento, afirmou que dependendo da resposta, a Casa de Leis irá propor uma representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), pedindo a redução.
“Por isto entramos com aquele requerimento na última sessão para fazer estudos sobre o aumento da tarifa. Caso a Prefeitura não comprove o porquê do aumento, vamos entrar com uma representação no Tribunal de Contas, e outras medidas que foram necessárias”, disse Reveles.
Da: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário