Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

terça-feira, 9 de julho de 2019

"Audiência discute expansão da ferrovia até Cuiabá"

A concessionária confirmou hoje (08.07) o interesse em implantar a Ferrovia Vicente Vuolo no trecho Rondonópolis a Cuiabá até o Médio Norte do Estado. O diretor Guilherme Penin, da empresa que detém a concessão, garantiu que os recursos – em torno de R$ 4 bilhões para o trecho até Cuiabá – já estão disponíveis para serem aplicados. A empresa também conta que já tem comprovada a viabilidade técnica e econômica da ferrovia, já que Cuiabá pode representar 20 milhões de toneladas/ano de produtos industrializados, combustíveis etc. O assunto foi discutido nesta segunda-feira durante audiência pública promovida pelo Senado Federal e a Assembleia Legislativa.
Para que os trilhos cheguem a Cuiabá e ao Médio Norte do Estado, a empresa aguarda decisão do Tribunal de Contas da União, que avalia a possibilidade de renovação da concessão no trecho paulista da ferrovia, que requer investimentos para suportar um aumento no volume de cargas transportadas até o porto de Santos (SP).
É nesse sentido que estamos trabalhando, diz o senador Wellington Fagundes, que requereu a audiência pública. Segundo ele, a bancada federal de Mato Grosso já esteve reunida com o ministro do TCU, Augusto Nardes, argumentando sobre a importância do prolongamento dos trilos da Ferrovia Vicente Vuolo até Cuiabá e o Médio Norte do Estado.
O mesmo trabalho vem sendo feito na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que analisa o projeto de expansão da ferrovia, apresentado pela concessionária. Nesta segunda-feira, o diretor da ANTT, David Barreto, que participou da audiência, disse que vai colocar uma equipe técnica do órgão para agilizar os estudos para que a “ferrovia se torne realidade no menor tempo possível”.
Quem também confirmou o interesse do governo federal na obra é o general Jamil Megid, secretário Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura. Segundo ele, o governo federal quer ver a ferrovia se tornar realidade e atender a boa parte da demanda de logística de Mato Grosso.
O deputado estadual Carlos Avalone, que também requereu a audiência, disse estar otimista. “Já temos o interesse da empresa e a confirmação de que Cuiabá tem como viabilizar cargas suficientes para essa ferrovia. Então, agora precisamos avançar rápido”, disse.
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos