Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Prefeitura de Cáceres

Prefeitura de Cáceres
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana Cáceres - MT

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

"Constipação Intestinal infantil – Qual tratamento recorrer?

A constipação intestinal infantil é um problema comum em crianças, ocasionando sofrimento e por consequência preocupação aos pais. Dentre as causas da constipação, destacamos a funcional, sendo a mais corriqueira no público infantil. O problema ocorre devido ao início da introdução dos alimentos sólidos, com baixo teor de fibras e ingestão hídrica insuficiente. Caracterizasse por constipação funcional a dificuldade de defecar, pelo endurecimento ou acúmulo das fezes, que resulta em dor, incomodo e maior esforço ao evacuar por parte da criança, refletindo diretamente em sua qualidade de vida. Nestes casos, é criado uma autodefesa, prendendo as fezes, por medo da dor, gerando um ciclo vicioso que pode piorar seu quadro. Outras possibilidades da constipação também se dá a origem congênita, neurológica, endócrina e metabólica.
É preciso atenção aos sinais, veja os mais frequentes:
• Constância de evacuação igual ou menor a 2x na semana⠀
• Escape fecal⠀
• Presença de fecaloma (intestino cheio palpável) ⠀
• Fezes endurecidas, ressecadas, calibrosas ou em cílabos (pequenas bolinhas) ⠀
• Dor ou muito esforço na hora de evacuar.
Para auxiliar a criança nesse processo transitório da alimentação, os pais devem orientar na ingestão de água regular, ingerir alimentos ricos em fibras como frutas, legumes e verduras.
O tratamento pode ser multiprofissional, e a fisioterapia pélvica apresenta bons resultados no tratamento da constipação intestinal infantil, posicionando a forma correta da evacuação, ingestão hídrica, consumo de fibras, incentivo à atividade física, além do tratamento do assoalho pélvico para a dissinergia, através, por exemplo, do biofeedback eletromiográfico animado para aprendizado e conscientização do relaxamento muscular na hora da evacuação e a neuromodulação para o reconhecimento fisiológico.
Caso seu filho esteja passando por alguns desses problemas relatados acima, procure um profissional habilitado na área.
Karla Mercedes
Fisioterapeuta Pélvica Infantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos