Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

domingo, 8 de março de 2020

"08 DE MARÇO: Mulheres que superam desafios diários em busca do próprio sonho"

Em celebração ao Dia Internacional da Mulher, entrevistamos duas servidoras para contar as suas histórias e mostrar as lutas diárias para estar no serviço público, além de revelar quem são fora da Seplag.O dia 8 de março é um dia de luta, perseverança e busca pela igualdade. É uma data com raízes profundas e sérias. No universo de 421 servidoras mulheres na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), duas histórias foram selecionadas.
Histórias de luta, dedicação à família e ao serviço público, de sonhos. Vidas que se cruzam na Seplag. Os traços indígenas e o sorriso no rosto são características marcantes de Taysse Costa, de 25 anos. Mãe de Sabrina, Stefany e Miguel, a auxiliar de serviços gerais da Seplag começa o dia às 06h, prepara o café das crianças e os leva até a escola, antes de enfrentar a superlotação do coletivo e chegar à Secretaria.
Enquanto procura por um emprego fixo, o esposo de Taysse faz bicos para ajudar no sustento da casa e no tratamento do filho Miguel, de 2 anos, que nasceu com malformação congênita nos pés.
Mesmo diante das dificuldades e os desafios do dia a dia, Taysse não se deixa abalar. Todas as manhãs na Seplag ajuda na manutenção do prédio deixando o ambiente limpo e agradável para os servidores.
Com o filho Miguel no colo, que está com os pés engessados devido à malformação, ela revela os seus sonhos. "Eu quero sair do aluguel e ter uma casa para dar um conforto melhor para minha família. Sabrina e Stefany pedem um quarto só pra elas, mas não temos condições de realizar esse desejo”.
A casa onde mora possui apenas um quarto para cinco pessoas, uma cozinha e um banheiro. Taysse acredita que conseguirá realizar esse sonho de ter a casa própria. Além disso, ela revela um outro grande desejo: cursar medicina para ajudar seus familiares e os mais necessitados.
Em outro ponto da cidade, Regina Andrade, de 52 anos, neta de ribeirinhos e recepcionista no gabinete do secretário da Seplag se prepara para sair de casa. De segunda a sexta-feira se dedica ao serviço público e aos finais de semana gerencia seu próprio negócio, um buffet, para complementar a renda.
Regina é viúva e mãe de três filhos. Após a morte do esposo, com quem se casou ainda no ensino médio e viveu 28 anos, ela teve que reaprender a viver só e terminar de educar os filhos.
Segundo ela uma das coisas mais difíceis foi a queda no padrão de vida. Com o falecimento do esposo, ela perdeu a empresa que tinha e teve que recomeçar.
De segunda a sexta acorda às 6h para começar a se arrumar e levar os seus filhos no trabalho. Antes de chegar à Seplag deixa um a um no local de trabalho.
A neta de ribeirinhos aprendeu a amar a culinária com sua avó, que costumava limpar peixes na beira do rio Cuiabá e preparava as delícias cuiabanas.
Hoje, mesmo sendo servidora pública, ela afirma que uma das suas maiores paixões é a culinária.
Para ela, a gastronomia é como uma terapia. “Na cozinha eu me sinto realizada, pois esqueço dos problemas e das dificuldades. Quando estou na cozinha fico focada e me transformo. Questionada sobre um sonho, ela não titubeia. “Abrir um negócio no ramo de alimentação”.
Duas servidoras que desempenham funções diferentes dentro do mesmo local de trabalho, com história diferentes, mas com coisas em comum: o amor à família e o sonho de conquistar seu espaço na sociedade e realizar seus sonhos.
Éverton Anunciação/Caminho Político
(Supervisão de Texto Nayara Takahara)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos