SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

quarta-feira, 18 de março de 2020

"SÃO LUÍZ DE CÁCERES: Dr. Leonardo cobra ação de Mauro e Bolsonaro para impedir fechamento de Hospital"

Em mais um ofício encaminhado à Secretaria Estadual de Saúde (SES), nesta quarta-feira (17.03), o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) cobrou informações a respeito dos pagamentos ao Hospital São Luiz, em Cáceres. Ao Ministério da Saúde (MS), o parlamentar também cobrou um cronograma de pagamento da emenda de bancada de sua autoria, no valor de R$ 3 milhões, que serão investidos na compra de equipamentos e abertura de novos serviços. Sem os repasses dos governos estadual e federal, a unidade de saúde pública vem enfrentando sérias dificuldades para continuidade na prestação de serviços.
“Mais uma vez, o Hospital São Luiz passa por uma grave crise financeira e, de acordo com a direção, as receitas não têm sido suficientes para cobrir todas as despesas. Precisamos solucionar isso urgentemente. Não podemos permitir o fechamento de uma unidade de saúde importante para toda uma região, especialmente no momento em que estamos tratando de medidas para prevenir e tratar os possíveis casos de coronavírus”, afirmou Dr. Leonardo, médico por formação.
Em nota divulgada na imprensa, a administradora do Hospital São Luiz explica que busca uma renegociação de cláusulas no contrato celebrado com o Estado, no que tange ao fluxo de repasse financeiro, mas não houve êxito até o momento. Atualmente, o repasse do Estado é feito entre 97 e 120 dias após a prestação de serviços, “o que dificulta que o hospital honre seu compromisso com fornecedores e a permanência das equipes de profissionais médicos trabalhando no hospital”.
“Diante de toda a situação exposta acima, a direção do Hospital São Luiz vem pleiteando, junto à Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, uma reunião para resolver questões contratuais que são fundamentais para solucionar esta crise, dentre elas, pede-se que o prazo de pagamento seja reduzido e que os repasses sejam regularizados. A renegociação do contrato é fundamental para que o Hospital São Luiz tenha condições de continuar prestando serviço à comunidade”, diz a nota.
A Secretaria de Saúde, por sua vez, questiona as informações publicadas pelo Hospital. Visando não prejudicar a população que necessita dos atendimentos na unidade, o deputado Dr. Leonardo tenta uma reunião ainda nesta semana entre SES e dirigentes do Hospital. Em janeiro, o parlamentar fez a mesma articulação para liberação de recursos atrasados.
“Disse e repito que não medirei esforços para manter a unidade atendendo a população. No Governo Estadual, busco um consenso que não prejudique os repasses. Em Brasília, fiz uma indicação que será importante para a compra de equipamentos. Estou cobrando dia e noite o cumprimento desse pagamento. Nosso mandato está a serviço da saúde, do povo de Cáceres e região”, finalizou Dr. Leonardo.
Assessoria/Caminho Político
Fanpage - Facebook: Dr Leonardo
Instagram: @Drleonardomt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos