SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

quarta-feira, 15 de abril de 2020

"COMBATE AO CORONAVÍRUS: Pedido de vistas adia projeto que prevê obrigatoriedade de máscaras em MT"

Deputado Wilson Santos alerta para a falta de produtos no mercado e propõe punições ao Estado. Um pedido de vistas do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) compartilhado com os deputados Lúdio Cabral (PT) e Elizeu Nascimento (DC) impediu a votação da mensagem 35/2020 de autoria do governo do Estado que aplica multa de R$ 140,00 (Cento e quarenta reais e zero centavos). A punição financeira será aplicada ao cidadão que for flagrado transitando em via pública sem máscara de proteção facial em razão da medida de combate à disseminação do coronavírus (COVID-19). O deputado Wilson Santos considera a proposta do Executivo deve ser aperfeiçoada em um momento em que muitos cidadãos, agindo voluntariamente e com boa-fé, não conseguem comprar em estabelecimentos comerciais máscaras de proteção facial por conta da alta demanda provocada pela pandemia do coronavírus.
“A ideia é boa. Mas, o texto em si deve ser melhorado. Não dá para o governo do Estado ir as ruas e punir as pessoas se não há disponibilidade de máscara para os cidadãos. Já compareci em oito farmácias somente em Cuiabá e não achei nenhuma máscara e tampouco álcool em gel”, disse.
O parlamentar considera prudente discutir com outros deputados a proposta e, se necessário for, apresentar um substitutivo integral que proponha até a punição ao Estado por eventuais falhas nas medidas de combate à disseminação do coronavírus.
“Se o governo deseja multar a população tem que garantir essas máscaras. Se a população for aos estabelecimentos comerciais e não encontrar essas máscaras a culpa será do governo.A ideia é boa, mas a proposta merecer ser aperfeiçoada”, concluiu Wilson Santos.
Por conta do pedido de vistas, a mensagem 35/2020 deve retornar ao debate no plenário do Legislativo somente na sessão ordinária da próxima quarta-feira (22).
RAFAEL COSTA/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos