Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Prefeitura de Cáceres

Prefeitura de Cáceres
Av. Getúlio Vargas, 1895, Vila Mariana Cáceres - MT

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

segunda-feira, 18 de maio de 2020

"CONTRA A PANDEMIA: Deputados poderão remanejar recursos de emendas impositivas para combate ao coronavírus em Mato Grosso"

Proposta de Max Russi foi acrescida a Lei no 10.986, que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária. Emendas parlamentares impositivas poderão ser remanejadas para as ações de saúde, durante o combate ao coronavírus em Mato Grosso. A mudança do cronograma de utilização dos recursos faz parte de uma proposta, apresentada pelo deputado Max Russi (PSB) e que foi acatada pelo Governo do Estado. A nova medida agora passa a ser lei, conforme publicação do Diário Oficial desta segunda-feira (18). Na prática, a intenção do novo texto acrescido à Lei no 10.986 de 05 de novembro de 2019, que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2020, será garantir o investimento prioritário nos trabalhos de enfrentamento a pandemia.
O deputado Max Russi reforçou o argumento de que esse é momento em que a união de todos os parlamentares e a classe política, como um todo, se torna mais do que essencial. “Todos podemos nos esforçar para que mais recursos cheguem a quem mais precisa e precisamos desta sensibilidade.”, complementou.
Max Russi esclarece que as emendas atualmente são impositivas, no entanto tem vinculação em percentuais com diversas áreas, como educação, cultura e esporte. O deputado defende a abertura de novas unidades de terapia intensiva (UTIs) nos hospitais, devido ao aumento exponencial dos casos da covid-19 no estado, e uma atenção efetiva para o social, principalmente quanto ao atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade.
“Tenho acompanhado os relatórios da Secretaria de Estado de Saúde e vejo um crescimento muito grande no número de contaminados. Os impactos negativos já estão acontecendo, de todas as formas, principalmente no campo social. Reforço a tese de que neste momento ainda podemos prevenir, para que a nossa saúde não entre em colapso, abrindo novos leitos de UTI, enfim, fazendo o que for necessário e possível para que possamos trazer segurança e tranquilidade às famílias mato-grossenses”, finalizou.7
Assessoria/Caminho Político
FOTO: Christiano Antonucci

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos