Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

sexta-feira, 15 de maio de 2020

"Cuiabana com endometriose faz vaquinha online e pedi doação para custear cirurgia especifica no valor de R$30.000,00."

Todos nós já participamos de alguma rifa ou almoço beneficente em solidariedade a uma pessoa que necessita de um tratamento especifico, mas como ajudar em período de isolamento social? É o caso da Katia Andreia Oliveira, 34 anos, professora, casada e mãe do Samuel Brandão de 8 anos, fruto de um milagre de Deus, pois devido à endometriose ela foi comunicada pelo seu antigo médico que não poderia ter filhos. A professora, só descobriu realmente a doença em janeiro deste ano, quando se iniciaram inúmeras cólicas, fadigas, entre outros sintomas. De início, por não possuir plano de saúde, Katia procurou a rede pública de saúde (SUS), UPAS e Policlínicas, onde conseguiu se consultar com uma ginecologista, e por conta da endometriose estar avançada, Kátia foi encaminhada para um médico especialista, que só atende pela rede privada, como a doença não tem cura, ele indicou um tratamento por meio de uma cirurgia, que atualmente está no valor de R$ 30 mil reais, já inclusos médico e hospital particular.
A endometriose é uma doença caracterizada pela presença do endométrio, um tecido que reveste o interior do útero, fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga.
O caso da professora já está em grande avanço, sendo diagnosticada com endometriose no intestino, consumindo 20% do órgão. Além do intestino, é localizado também no útero, ovário esquerdo e na parede do ovário direito.
“A luta contra as dores não tem sido fácil, estou à base de medicamentos e anticoncepcional. A esperança que eu tenho, é que em três meses com muita ajuda eu consiga esse valor, pois a data da cirurgia já foi marcada para o dia 10 de agosto”, comenta Katia.
Por conta do valor alto, a professora e sua família resolveram criar rifas, almoço beneficente, vaquinha online e também recebem doações através de suas contas bancárias, em prol da arrecadação do dinheiro.
Para quem deseja ajudar, com qualquer valor, pode acessar o site da Vakinha, chamado “Cirurgia de Endometriose”. Acesse ao link clicando aqui.
Além da vaquinha, existem outras formas de contribuir, se mil pessoas doarem R$30,00, Katia conseguirá arrecadar o valor para sua cirurgia.
Banco do Brasil
Ag 1216.5 conta poupança 70335.4 variação 51
Katia Andreia Oliveira.
Caixa Econômica ag 2224 op 013 conta poupança 31999.1
Para mais informações: Katia Andreia Oliveira (065) 99658- 7027.
Stephanie Romero/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos