Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Prefeitura de Várzea Grande

Prefeitura de Várzea Grande
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

sábado, 30 de maio de 2020

"EUA têm onda de protestos pela morte de homem negro"

USA, Minneapolis: Proteste um den Tod George Floyds (Reuters/L. Jackson)Manifestações, algumas delas violentas, ocorrem em dezenas de cidades americanas, em protesto pela morte de George Floyd durante ação policial. Agente que o prensou com o joelho é preso e acusado de homicídio. Protestos pela morte do afro-americano George Floyd durante uma ação policial se espalharam para dezenas de cidades dos Estados Unidos nesta sexta-feira (30/05), e vários deles resultaram em violência. Em todo o país, milhares de pessoas saíram às ruas e entoaram slogans como "sem justiça, sem paz" e "diga o nome dele: George Floyd". Cartazes diziam "ele disse que não podia respirar. Justiça para George".Houve manifestações em Minneapolis, Saint Paul (Minnesota), Atlanta (Geórgia), Detroit (Michigan), Nova York, Portland (Óregon), Dallas, Houston (Texas), Los Angeles, San Jose, Oakland (Califórnia), Las Vegas (Nevada), Columbus (Ohio), Phoenix (Arizona) e várias outras cidades.No centro de Atlanta, no sudeste do país, perto da sede da cadeia de televisão CNN, grupos de manifestantes destruíram lojas, e a polícia lançou granadas de gás lacrimogêneo. Alguns manifestantes atiraram pedras contra o edifício da CNN e vários veículos da polícia em estacionamentos foram atingidos por pedras e outros objetos. Ao menos um foi incendiado.
O governo da Geórgia declarou estado de emergência na manhã deste sábado, um requisito para requisitar a presença da Guarda Nacional em Atlanta.Em Washington, uma multidão se reuniu em frente à Casa Branca e entoou palavras de ordem contra o presidente Donald Trump. Alguns manifestantes tentaram romper as barreiras colocadas no local por agentes do Serviço Secreto, que faz a segurança presidencial. Objetos foram lançados contra os agentes, que responderam com spray de pimenta.
USA Washington Weißes Haus | Tod George Floyd durch Polizeigewalt in Minneapolis | ProtestNa origem dos protestos está a morte do afro-americano George Floyd, de 46 anos, quando ele estava sob custódia da polícia. Floyd havia sido detido sob suspeita de ter tentado usar uma nota falsa de 20 dólares num supermercado.
Uma imagem de vídeo mostra Floyd deitado no chão, ao lado do pneu de um carro, e com o pescoço prensado contra o asfalto pelo joelho de um dos quatro agentes que participaram da detenção. Os quatro foram afastados da polícia, e o agente que prensou Floyid, Derek Chauvin, foi preso e acusado de assassinato e homicídio involuntário.Em comunicado, a família de Floyd saudou a detenção do agente, apesar "de tardia" e insuficiente: "Queremos uma acusação de homicídio em primeiro grau [homicídio doloso qualificado] e queremos que os demais agentes sejam detidos".
As autoridades de Minneapolis e do estado de Minnesota fizeram já vários apelos à calma. O governador do estado, o democrata Tim Walz, requisitou na quinta-feira a Guarda Nacional para garantir a segurança de estabelecimentos comerciais e de edifícios na área metropolitana.
AS/lusa/ap/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos