SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

quarta-feira, 24 de junho de 2020

"Plano Safra: o reconhecimento à importância do agro"

Há muitos anos tenho dito que a agricultura sustenta o Brasil. Mesmo com anos de desgoverno petista, que gerou uma crise econômica gigantesca, quando se analisa a atividade econômica, setor por setor, o agronegócio sempre apresentou resultados positivos. Em meio à pandemia do novo coronavírus, que paralisou o mundo, mais uma vez os produtores de todos os portes se encarregam em manter o nosso país em pé. O reconhecimento deste esforço por parte do governo do presidente Jair Bolsonaro com o lançamento do Plano Safra 2020/2021.  

Mesmo com todas as dificuldades orçamentárias causadas pelos desembolsos bilionários a estados e municípios para o enfrentamento da pandemia, o Governo Federal  aumentou os recursos aos produtores e reduziu as taxas de juros para as operações de crédito. Só para o crédito rural serão mais de R$ 263 bilhões, R$ 13 bilhões a mais do que no ano passado, demonstração clara e inequívoca de que o presidente acredita que é o campo quem vai manter o Brasil em marcha.
 A agricultura familiar e os médios produtores vão ter à disposição R$ 66 bilhões para se modernizarem, para aprimorarem seus métodos de produção.  As taxas de juros variam de 2,75% na aquisição de alimentos até 7,5% para o Moderfrota na aquisição de maquinas e equipamentos agrícolas. São taxas que atendem aos anseios destes produtores, que colocam comida nas mesas de milhões de pessoas, que trabalham de sol a sol para assegurar que o alimento não falte e que merecem o apoio do Poder Público. 
Tenho a percepção, conversando com pessoas que interagem nas minhas redes sociais, que a pandemia do novo coronavírus fez com que o brasileiro percebesse com mais clareza a importância deste setor. Junto com a possibilidade de suprir a fome de milhões de pessoas, a agricultura é responsável pela preservação do meio ambiente, pelo desenvolvimento de várias regiões do nosso país, por fazer com que a riqueza gerada seja usada por todos. O agronegócio é o alicerce da nossa economia. 
Além dos recursos disponibilizados que, com certeza, nos ajudarão a bater mais um recorde de produção, temos trabalhado arduamente no sentido de aprovar projetos que desburocratizem a produção agrícola, que retirem o peso exagerado do Poder Público das costas do produtor, sem que isso signifique qualquer prejuízo para o meio ambiente.
 E assim seguiremos. Lutando pela regularização fundiária de milhares de assentados que aguardam ansiosamente pela titulação de suas terras. Trabalhando para que estes mesmos assentados sejam beneficiados pelos programas governamentais e consigam produzir e tirar da terra seu sustento. Batalhando para que a importância da agricultura brasileira, para o país e para o mundo, seja reconhecida por todos. 
Nelson Barbudo, deputado federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos