TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

"ATENDIMENTO ÁGIL: Produtores rurais criam grupo de whatsapp com brigadistas e corpo de bombeiros"

Quando surgem focos de queimadas durante o período de estiagem, toda ajuda é bem-vinda. Em Nova Mutum, os produtores rurais resolveram aliar a tecnologia à necessidade e criaram um grupo no whatsapp para facilitar a comunicação e qualquer pedido de socorro.  A iniciativa, que já está no quarto ano, reúne 250 propriedades e autoridades locais como a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Brigada de Incêndio municipal. Presidente do Sindicato Rural, Emerson Zancanaro, acredita que a agilidade no atendimento seja um dos melhores benefícios. "Por meio do grupo conseguimos dar instruções sobre a localização do foco de queimada, a logística e os maquinários que temos como apoio". Fora do período de seca, a comunicação por meio da ferramenta, aumenta a sensação de segurança das propriedades. "Ele permite contato direto com os plantonistas da polícia e qualquer ocorrência no campo, eles já ficam informados".

Em Sorriso, as redes sociais são o principal meio de orientação aos produtores, segundo o presidente do sindicato rural, Tiago Stefanelo. "Não fizemos cursos por conta da pandemia, mas enviamos informativos pelas redes sociais e pelo whatsapp".
Dentre as maiores preocupações dos produtores da região são as queimadas que iniciam às margens da BR-163 e da MT-249, porém até o momento a maior incidência é de focos durante colheita, provocados pelos maquinários, devido à seca na lavoura.
O produtor Vidimar Siliprandi, presidente do sindicato rural de Vera, se preparou com a contratação de tanque d’água veicular, assim como grande parte dos produtores locais. "A maioria se ajeita para ter caminhão pipa e um brigadista à disposição para controlarmos o fogo antes que se espalhe".
Cursos suspensos - Devido às medidas de prevenção e controle da Covid-19, os cursos de brigadistas previstos para 2020 não foram realizados nos municípios da região. Segundo a supervisora do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) da Regional de Sorriso, Maiara Cristina, a retomada das atividades tem ocorrido de forma gradual.
"Os treinamentos estão voltando aos poucos, mas ainda não estamos no nível de execução que tínhamos antes da Covid-19. Agimos conforme os decretos municipais e acompanhamos a situação da pandemia em cada região".
 Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos