SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

"ELEIÇÃO 2020: Fake News: Justiça determina multa de mais de 60 mil reais ao grupo do vereador Luís Costa"

O vereador Luís Pereira Costa (PDT), de Primavera do Leste foi condenado a pagar multa por propagar fake news em desfavor do atual prefeito e candidato à reeleição Leonardo Bortolin (MDB). A decisão é da juíza Patrícia Cristiane Moreira, da Justiça da 40º Zona Eleitoral da cidade e contempla também outras três pessoas do grupo dele.
De acordo com a decisão da magistrada, o vereador induz o leitor ao erro através da divulgação de manchete caluniosa e difamatória ao afirmar que Bortolin privilegiou uma empresa na compra de uma máquina pá carregadeira durante uma licitação. Diante disso, a justiça entendeu que a retirada da matéria deveria ser feita imediatamente e multa aos envolvidos caso o conteúdo não fosse apagado em até 24 horas. Somadas, o valor passa dos 60 mil reais.
”A veiculação além de apresentar informações distorcidas da realidade, ainda pode produzir conhecimento equivocado direcionado aos eleitores. Não há qualquer causa ou motivo para a declaração”, afirma trecho da decisão proferida na última sexta-feira (08). A juíza pontua ainda que seja concedido o direito de resposta, como prevê o artigo 58 da Lei nº 9.504/97.
Segundo a reportagem apurou, essa não é a primeira vez que o vereador faz acusações infundadas contra o prefeito de Primavera do Leste. ”O parlamentar se autodenomina jornalista e usa de um veículo de comunicação próprio, que inclusive leva seu nome, para atacar Leonardo Bortolin e a sua gestão. Evitar a propagação de fake news com conteúdo de propaganda negativa, deve ser o grande desafio da Justiça Eleitoral nas eleições de 2020, foi justa a decisão, todos têm direito de recorrer, mas, não se deve desrespeitar decisões judiciais”, afirma Rodolfo Wolff , advogado da coligação Unidos por Primavera.
Vale destacar que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aplica as penas pelos crimes de fake news a pessoas que também compartilham notícias caluniosas. Por isso, a recomendação é verificar sempre a notícia em fonte segura.
Conecte Relações Públicas/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos