SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

"Prima de Pedro Taques apoia Leitão ao Senado e diz que ele é mais preparado"

O candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB), que encabeça a chapa “Mato Grosso por Inteiro”, recebeu o apoio da jovem advogada Haveny Metello Taques, prima do ex-governador e candidato a senador pelo Solidariedade, Pedro Taques. Para Haveny, que é filiada ao DEM e acaba de assumir a coordenadoria da juventude da coligação, Leitão é o candidato mais preparado para ocupar a cadeira no Senado Federal.
“Leitão é o mais preparado para Mato Grosso, sua história é prova disso. Precisamos de pessoas experientes e que conheçam de verdade o nosso estado para esse cargo de representação, e sei que o Nilson é o “cara”. Pela sua atuação, temos a certeza do seu comprometimento com o setor produtivo, sei que vai fazer por Mato Grosso o que fez por Sinop! Eu acredito nele e por isso aceitei assumir a coordenação da juventude na campanha. Apoiar o Leitão é uma questão suprapartidária, quero um estado melhor e isso está acima de siglas. Quero um senador que fale por mim, pelo produtor rural, pelo empresário, comerciante e pelo jovem, e o Nilson representa isso”, afirmou.
Sobre a gestão de seu primo Pedro Taques no Executivo Estadual, Haveny avaliou de forma negativa. “Penso que ficar olhando para o passado, de olho no retrovisor, fez com que ele não olhasse para o futuro. O reflexo disso está aí: numa máquina inchada e cheia de desafios para retomar o equilíbrio nas contas públicas, isso fez com que todo setor produtivo fosse penalizado”, sustentou.
Haveny ainda ressaltou a importância do protagonismo de Nilson Leitão à frente do processo de impeachment da ex-presidente do PT, Dilma Rousseff e defendeu a sua representatividade junto ao setor produtivo mato-grossense para integrar e diminuir as desigualdades regionais.
“Quero que Nilson Leitão traga dignidade e mais oportunidades ao povo mato-grossense. Nosso estado é responsável pelo equilíbrio da balança comercial, somos o estado que mais produz e um dos que menos recebem pelo serviço que presta ao Brasil. Lá atrás o Nilson teve uma postura que fez com que outros parlamentares se encorajassem ao impeachment, e isso abriu o caminho para a mudança de rumo do país. Isso foi muito importante e corajoso da parte dele. Por isso acredito que Leitão está preparado para ser o nosso senador e unir todas as regiões, até porque ele tem o apoio dos outros dois senadores e isso mostra a consonância dele e a sintonia com seus futuros pares”.
A coligação “Mato Grosso por Inteiro” conta com Júlio Campos (DEM) como primeiro suplente, representando a baixada cuiabana, e Zé Márcio Guedes (PL) como segundo suplente, representando o sul de Mato Grosso. Além disso, Leitão é apoiado por Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), os dois senadores eleitos que representam Mato Grosso no Senado.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos