SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

IPF-MT analisa aumento de índices de inflação no país

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta terça-feira (09), os dois principais índices de inflação da economia brasileira, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Principal indicador da inflação no país, o IPCA apresentou um aumento de 0,25% em relação ao mês de dezembro.
O superintendente do Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio-MT, Igor Cunha, explica que o índice tem sofrido uma desaceleração se comparado aos três meses anteriores, quando apresentava um crescimento superior a 0,6%. “No acumulado de 2020, o IPCA teve uma alta de 4,52%. O grupo de alimentação e bebidas foi o que mais contribuiu para essa alta, com um aumento de 1,02% em relação ao mês anterior”, informa.
Segundo ele, a alimentação no domicílio registrou um acréscimo de 1,06%, enquanto a alimentação fora de casa o aumento foi de 0,91%, resultado dos hábitos adquiridos durante a pandemia da Covid-19. “Já o segmento da habitação teve um decréscimo de 1,07%. A maior queda foi a de combustíveis e energia, com uma variação negativa de 3,79%, em função da mudança de bandeira da energia elétrica de vermelha para a amarela no início do ano”, esclarece o gestor, que também responde pela superintendência da Fecomércio-MT.
De acordo com o IBGE, o segundo maior crescimento no IPCA foi no grupo de artigos de residência, com 0,86%, principalmente por móveis e utensílios com 1,13%. Já o INPC, o superintendente do IPF-MT destaca que o índice também teve um leve aumento de 0,27% no mês, com uma variação acumulada no ano de 2020 de 5,45%. “Os principais itens que afetaram foram alimentação e bebidas com 1,01% de aumento, e habitação com decréscimo de 1,15%, com tendências em paralelo as do IPCA”.
Análise
As principais diferenças entre o IPCA e o INPC são os escopos de análise. Enquanto o IPCA engloba uma parcela maior da população, pois mede a variação do custo de vida médio de famílias com renda mensal de 1 a 40 salários mínimos, o INPC compreende apenas as famílias que recebem de 1 a 5 salários mínimos e que, portanto, tendem a ser mais sensíveis a variação nos preços.
Andréia Sversut/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos