PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Projeto dá oportunidade de indígenas venderem biojóias pela internet

Até o final de março grupo irá lançar site de e-commerce.
O grupo de artesãos indígenas Bôloriê Umutina, do povo Umutina-Balatiponé de Barra do Bugres, Mato Grosso, terão a oportunidade de vender suas criações em seu próprio site, que já está sendo desenvolvido e será lançado até o final de março. De acordo com Isaac Amajunepá, jovem liderança do povo Umutina, o site está sendo desenvolvido com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso (Secel) por meio da Lei Aldir Blanc. Em 2020, o jovem teve o projeto aprovado no edital MT Criativo da Secel. “O projeto foi feito e pensado para garantir a sustentabilidade da minha comunidade. Antes, as peças de nossos artesãos eram vendidas por atravessadores, que na maioria das vezes ficavam com a maior parte de venda das peças, mas com o site o nosso objetivo é estabelecer uma relação direta entre os artesãos e os clientes, que agora irão receber integralmente pelas suas obras”, afirmou.
Ainda de acordo com Isaac, além do site, o projeto também possibilitou o fortalecimento reorganização e ampliação do grupo, que voltou com tudo e já está ativo novamente nas redes sociais, que foram reativadas.
“O site ainda não está pronto, mas as pessoas interessadas em conhecer o nosso trabalho podem acompanhar por meio das nossas redes sociais, onde mostramos as nossas peças, mas também falamos sobre a cultura do nosso povo e apresentamos os nossos artesãos”, afirmou.
Segundo o jovem, os artesãos se especializaram na criação de biojóias, mas também produzem uma variedade de peças como: cestos, escultura em madeira, bolsas, abanadores e arco e flecha, que já podem ser adquiridas.
Para conhecer mais o projeto dos artesãos e comprar as peças é só entrar em contato através do e-mail atendimentobolorie@gmail.com ou acessar a página no Facebook “Criações Bôloriê Umutina” ou o perfil no instagram @criaçõesbôloriêumutina. Contato: Isaac Amajunepá -
Telefone: (65) 99907-3641
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos