TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 8 de março de 2021

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Mulheres mato-grossenses se destacam no meio empresarial e tributário

A posição de destaque ocupada por mulheres no mercado de trabalho é algo que vem sendo conquistado há décadas. Apesar de presenciarmos uma grande evolução, que aponta para o crescimento da liderança feminina no mundo corporativo, ainda falta muito para que o cenário fique equilibrado entre homens e mulheres. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres respondiam por 38% dos cargos gerenciais no país, em 2019. Felizmente, nos dias atuais, contamos com grandes exemplos de profissionais que estão no topo da decisão de empresas e inspiram a transformação no mercado de trabalho.
Em Mato Grosso, a fonoaudióloga Samia Helena Ribeiro, proprietária da Audax Aparelhos Auditivos busca ser inspiração para seus colaboradores, não apenas pela empresa que construiu, mas pelo propósito de proporcionar qualidade de vida às pessoas. “Nosso objetivo é fazer com que nossos clientes não apenas tenham a audição restabelecida, mas que isso seja feito com o maior conforto possível e essa empatia acaba transformando todo o nosso ambiente”, destaca ela.
Especialista em aparelhos auditivos, Samia busca ressignificar a vida das pessoas que tiveram perdas auditivas. Giseli Alves Silvente é contadora, doutora e professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) se tornou uma referência no ramo tributário. Seu conhecimento sobre o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), fez com que ela assumisse a consultoria de várias empresas.
“Eu brinco que meu trabalho é uma delícia”, comentou ela. Que, no início, sentiu as dificuldades de ser mulher em um universo, até então, dominado pelo sexo masculino. Para driblar as adversidades, estudou e buscou ainda mais conhecimento para ter segurança em tudo que fazia. “Acho que a diferença está na postura que você adota. Nunca fui assediada sexual ou moralmente, em maior ou menor grau, no meu ambiente de trabalho, porque sempre mantive uma postura muito profissional”, declarou.
Porém, não atingiu este patamar “dia para a noite”. Antes de atuar no setor tributária, Giseli trabalhou em empresas, participou de auditorias, perícias judiciais e ao preparar aulas de tributação para os mais de 150 alunos para os quais leciona que se encantou pela área. “Penso que o ponto positivo da mulher é a sensibilidade, a delicadeza. Uma abordagem educada e segura faz toda a diferença”.
Conecte/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos