PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 8 de março de 2021

Os principais pontos da entrevista bombástica de Meghan e Harry

Racismo, pressão, pensamentos suicidas: na primeira grande entrevista após se afastar da família real britânica, casal revela detalhes sobre a vida que levavam.Em entrevista concedida à estrela de televisão americana Oprah Winfrey, o príncipe Harry e sua esposa, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, falaram sobre a dificuldade de conviver com a família real britânica, racismo e depressão.
Foi a primeira grande entrevista do casal desde que anunciou o afastamento da família real em troca de poder ter uma vida independente.
A entrevista bombástica deve acirrar ainda mais as relações conturbadas entre o casal e a monarquia britânica. As declarações de Harry e Meghan sobre assuntos delicados têm potencial de manchar a imagem da família real.
Confira os principais pontos da entrevista que foi ao ar neste domingo (07/03) nos Estados Unidos:
Sobre a relação com a família real:
Meghan disse que a família real e as pessoas que comandam a instituição são coisas separadas. Ela afirmou que a rainha Elizabeth 2ª sempre foi "maravilhosa" com ela e a fazia se sentir bem-vinda.
Ao ser questionada por Oprah se a atriz escolheu o silêncio ou foi silenciada, Meghan respondeu apenas "o último". Ela acrescentou ainda que, embora o palácio estivesse disposto a mentir para proteger outros membros da família real, "eles não estavam dispostos a falar a verdade para me proteger e proteger o meu marido".
Harry revelou ainda que seu pai, o príncipe Charles, parou de atender suas ligações após ele ter contado sobre os planos de abandonar a vida real. Ele disse que tanto o pai quanto o irmão, o príncipe William, estão "presos" em seus papéis e não conseguem deixá-los. Ele acrescentou que sente pena por eles.
Harry disse que sua falecida mãe, a princesa Diana, ficaria "muito zangada e triste" pela forma como ele e Meghan foram tratados. Ela gostaria que eles fossem felizes.
O príncipe revelou também que parou de receber recursos financeiros no primeiro trimestre de 2020, mas continuou recebendo a herança de sua mãe.
Harry contou ter uma forte ligação com a rainha e que seu pai voltou a atender suas ligações. No momento, a prioridade do príncipe é curar a relação que tem com Charles.
"Meu arrependimento é ter acreditado quando disseram que eu estaria protegida", lamentou Meghan.
Sobre racismo:
Meghan, que é filha de uma afro-americana, afirmou que havia uma preocupação com relação ao quão "escuro" o filho do casal poderia ser. Além disso, a criança não teria direito à segurança do palácio por não ser príncipe.
Nenhum dos dois revelou quem havia expressado a preocupação em relação à cor da pele de Archie, apenas deram a entender que seria um membro da família real.
Harry criticou ainda o fato de seus familiares terem silenciado sobre reportagens racistas que atacaram Meghan. "Isso machuca", acrescentou.
Sobre saúde mental:
Meghan revelou que a intensa pressão que sofreu a fez pensar em suicídio.
Ela disse que falou ao palácio que precisava de ajuda para problemas de saúde mental, mas não recebeu nenhum apoio.
"Eu simplesmente não queria mais viver. E esse foi um pensamento constante, aterrorizador, real e muito claro", disse Meghan.
Sobre a imprensa britânica:
Meghan negou reportagens que a acusaram de ter feito a cunhada Kate, a duquesa de Cambridge, chorar durante os preparativos do próprio casamento.
Oprah leu durante a entrevista manchetes de jornais que mostram o tratamento diferente dado a Kate e Meghan pela imprensa britânica.
Sobre a vida pessoal:
O casal revelou que o segundo filho que espera é uma menina que nascerá em meado do ano.
Harry disse que "não teria sido capaz" de se afastar da família real sem Meghan. Ela era sua saída.
"Nós não estamos apenas sobrevivendo, mas prosperando. É muito melhor do que qualquer conto de fadas que você tenha lido", disse Meghan.
Em janeiro do ano passado, Harry e Meghan anunciaram o afastamento da realeza para terem um futuro independente. O anúncio inesperado surpreendeu e causou desconforto entre os outros membros da monarquia, tendo levantado dúvidas sobre as futuras fontes de financiamento dos duques de Sussex.
Com a decisão, Harry e Meghan deixaram de participar dos compromissos reais e não recebem mais recursos públicos destinados à coroa britânica.
cn/lf (DW, aFP, Reuters, AP)cp
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos