PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sábado, 20 de março de 2021

Primeira-dama Márcia Pinheiro apresenta Fundo Social Solidário ao presidente da CDL

O objetivo é promover uma parceria para projetos sociais principalmente no momento de pandemia. A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, se reuniu na última semana com diretores do programa CDL Social e com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), Celio Fernandes, para buscar parcerias em projetos sociais, principalmente neste momento delicado em que, devido à pandemia, muitas famílias ficaram vulneráveis em meio à crise sanitária e econômica.
A reunião teve como objetivo apresentar para os diretores o Fundo Social Solidário, voltado para financiar programas e atividades inerentes de grande relevância da área social. Criado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, em junho de 2019, a ferramenta possui grande relevância social, principalmente em épocas emergenciais e de crise.
De acordo com a primeira-dama, o fundo é um mecanismo municipal de suma importância. Ela destaca que a iniciativa já contribuiu com a Prefeitura com mais de 5 mil cestas básicas, que foram entregues para diversos grupos e segmentos da sociedade.
“Viemos apresentar para os diretores da CDL sobre o funcionamento deste Fundo Solidário Social, com a intenção de criarmos um convênio para que eles possam nos ajudar a capitalizar recursos”, ressaltou.
Márcia Pinheiro explicou que este mecanismo é como se fosse um “Imposto Solidário”, para estimular o contribuinte a destinar parte do valor do imposto de renda devido ao Fundo. Com isso, o conselho do Fundo Solidário, formado por 10 pessoas, se reúne e decide em conjunto para onde destinar o dinheiro e atender a população em situação de vulnerabilidade social.
“A ação é simples e não acarreta em nenhum pagamento a mais ao contribuinte. A doação deve ser informada pelo contribuinte antes do envio da declaração de renda para a Receita Federal. Agora, além de apresentar o Fundo Social às entidades, nossa função é buscar ajuda e trabalhar de que forma estes parceiros irão divulgar a ação”, explica.
Segundo o presidente da CDL Cuiabá, Célio Fernandes, um dos pontos que podem ser trabalhado pela Câmara de Dirigentes Lojistas seria informar a população e os conveniados que é possível destinar parte do valor do imposto de renda devido para ajudar as organizações da sociedade civil da cidade.
“A nossa ideia é a de realizar uma grande campanha, incentivando para que os contribuintes façam essa doação do percentual permitido para os projetos aqui da capital”, afirma.
Para o presidente o próximo passo é se reunir com a direção do Fundo juntamente com os conselheiros e elaborar uma proposta de convênio com a CDL Cuiabá junto com os diretores. “Foi uma reunião muito produtiva, onde pudemos conhecer melhor o funcionamento e o objetivo deste Fundo Solidário”, concluiu Fernandes.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos