TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 6 de abril de 2021

Nove pacientes que estavam no Hospital São Benedito recebem alta nesta segunda-feira (5)

As informações são da
Ouvidoria da unidade hospitalar, que ainda registrou desde a última quinta (1º), até hoje (5), 16 altas hospitalares. Nove pacientes que estavam internados em leitos de enfermaria no Hospital Municipal São Benedito, em Cuiabá, tiveram alta nesta segunda-feira (5). As informações são da Ouvidoria da unidade hospitalar, que ainda registrou desde a última quinta (1º), até hoje, 16 altas hospitalares. Os momentos foram comemorados pela equipe que atua no hospital através de fotos.
Uma delas foi a Sandra Juliano da Silva, de 51 anos. Ela estava internada desde o dia 26 de março, quando passou a sentir um mal-estar no corpo. A princípio procurou atendimento em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e posteriormente após seu quadro se agravar foi transferida para o Hospital Referência. De acordo com a filha dela, Gleciane Juliano Santos, de 28, ver a mãe debilitada foi um dos piores momentos que já passou.
“Foi horrível, ver a própria mãe passando mal, tentando respirar, sentindo falta de ar, isso é assustador. Hoje eu senti alívio, e eu agradeço muito à Deus por ela ter conseguido passar por essa batalha. Queria que as pessoas tivessem mais noção da gravidade do vírus, porque não é fácil passar por isso, quem pegou ou quem tem um familiar, sabe que isso não é brincadeira, as pessoas deveriam ter mais conscientização e não ficar fazendo festa, aglomerações em lugares fechados. Muita gente está morrendo todos os dias, não está sendo fácil”, desabafou ela.
Outra que comemorou foi Teresinha Dias Campos, de 58 anos, que acompanhava o marido, Paulo César Moraes Jardim, de 61, que estava internado desde a última segunda-feira (29), ao ser diagnosticado com o vírus.
“Eu senti uma alegria muito grande e uma sensação de alívio, de saber que Deus esteve presente a todo instante. Só tenho a glorificar, porque foi Deus que iluminou os médicos, os enfermeiros para fazer tudo certo. O coração da gente bate até mais forte”, ressaltou.
Ela conta que estava muito apreensiva, já que na última semana recebeu a notícia que o primo, a esposa dele e o filho dele morreram após terem sido infectados com a Covid.
“Ele foi diagnosticado na Policlínica e de lá foi para o São Benedito, mas antes ele já tinha feito dois testes que tinha dado negativo, só que no exame de tomografia a médica viu que o pulmão dele estava com parte comprometida e resolveu internar ele. Lá, graças a Deus, meu marido foi bem tratado, teve um atendimento de qualidade. Queria, inclusive, agradecer ao prefeito Emanuel Pinheiro, por tudo que ele tem feito para que esse atendimento seja tão bom.
Outra paciente que teve alta hoje, foi a Maria de Fátima Almeida, de 62 anos. Ela esteve internada na enfermaria do hospital desde o dia 26 de março e teve 50% dos pulmões comprometidos. Para o filho dela, Vivaldo Almeida, de 42, a sensação também foi de alívio, já que tem visto muitas mortes desde o começo da pandemia. Segundo ele, a mãe é uma vitoriosa, já que Maria tem Diabetes e é hipertensa. Ele ainda agradeceu pelo atendimento recebido e dado à sua mãe, enquanto esteve na unidade de saúde.
“A gente abre as redes sociais, tv e só ver as pessoas de luto ou lamentando a perda de um familiar querido, e quando é com um familiar próximo da gente, como por exemplo, a minha mãe, que tem vários agravantes, é diabética toma insulina, é hipertensa, foi uma sensação muito boa de alívio. Além disso, o tratamento lá foi bom, eu consegui falar com o médico dela, ele foi muito atencioso, explicou certinho o quadro dela, foi bem realista, fomos muito bem atendidos por ele e por toda equipe de lá.”, disse.
Vivaldo aproveitou para criticar as pessoas que ainda continuam mesmo diante da gravidade da situação em que todos vivem, a aglomerar, fazer festas clandestinas e que não respeitam as medidas de Biossegurança.
"Eu acho que as pessoas têm que ter um pouco mais de consciência. Mas o ser humano é assim, enquanto não acontece com alguém próximo a ele, ou com ele mesmo, não vai acreditar, vai achar que é uma brincadeira, e não é. Já tem várias variantes desse vírus que são mais agressivas, e que levam até as pessoas mais novas a óbito em poucos dias. A gente não sabe que rumo vai tomar ainda, se a vacinar realmente vai resolver, pode sair outra variante, então, até que seja confirmado tudo ou que vacine pelo menos 50% da população, gostaria que as pessoas levassem mais a sério, usassem as máscaras e não aglomerarem", ressaltou.
O prefeito Emanuel Pinheiro também comemorou as altas recebidas desde o final da última semana e aproveitou pra ressaltar o compromisso com a população de proteger e cuidar da saúde, com trabalho árduo e célere, como tem feito desde que assumiu a gestão de Cuiabá.
"É com muita alegria que recebo essa notícia, nao tem nada melhor no mundo, do que ver no rosto o sorriso, a alegria e o alívio de quem vence a batalha contra esse vírus. Da mesma forma eu me sinto, e como prefeito e gestor desta Capital, reafirmo que vamos continuar trabalhando para que mais vidas se curem dessa doença e consigam seguir suas vidas. É para isso que nós estamos trabalhando dia e noite, para que a vacina chegue a todos e assim superarmos essa crise", disse.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico @CPWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos