Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

domingo, 23 de maio de 2021

Carta manuscrita de Einstein com a equação "E=mc²" é leiloada por R$ 6,7 milhões

Documento é um dos quatro hoje existentes com a famosa fórmula da teoria da relatividade escrita à mão pelo cientista, e havia sido endereçado a físico polonês. Uma carta de Albert Einstein na qual ele escreveu sua equação E=mc² foi vendida em leilão por mais de 1,2 milhões de dólares (R$ 6,7 milhões), ou cerca de três vezes o valor previsto, informou a casa de leilões RR Auction, de Boston, na sexta-feira (21/05).
Arquivistas do projeto Einstein Papers, sediado no Instituto de Tecnologia da Califórnia, e da Universidade Hebraica de Jerusalém afirmam haver apenas outros três exemplares de manuscritos de Einstein com a famosa equação escrita à mão.
A carta é "importante tanto sob o ponto de vista da holografia como da física, pois mostra o pensamento de Einstein sobre um dos problemas da física mais fundamentais", informa o comunicado da RR Auction, acrescentando que "a busca por uma 'teoria do campo unificado' consumiu o último terço da vida de Einstein".
A equação, que significa que a energia é igual à massa multiplicada pela velocidade da luz ao quadrado, alterou a compreensão da física ao mostrar que o tempo não é algo absoluto e que massa e energia são equivalentes.
A carta havia sido endereçada ao físico Ludwik Silberstein e datada em 26 de outubro de 1946. Silberstein era um conhecido pesquisador polonês e crítico de algumas das teorias de Einstein, e faleceu em 1948. A carta pertencia ao seu arquivo pessoal, que foi vendido por seus familiares.
"Sua questão pode ser respondida por meio da fórmula E=mc², sem qualquer erudição", escreveu Einstein. "Estou convencido de que isso (ou a fórmula corrigida em relação ao raio das massas) esclarecerá as constantes atômicas. Para isso, é preciso primeiro ter uma teoria que contenha a unificação correta da gravidade e da eletricidade."
Cinco participantes fizeram lances no início, mas assim que o preço alcançou 700 mil dólares (R$ 3,8 milhões), três deles abandonaram o leilão, que começou em 13 de maio e foi concluído na quinta-feira. O nome do comprador da carta não foi divulgado.
bl (AP)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos