PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sexta-feira, 25 de junho de 2021

Prefeita e secretário de Finanças de Jaciara assinam decreto que reduz os próprios salários, de vice, secretários e comissionados

A prefeita de Jaciara, Andréia Wagner (PSB) e o secretário de Administração e Finanças, Alexandre Russi, publicaram o decreto Nº 3.667/2021, reduzindo em 20% os próprios salários, da vice-prefeita, de secretários e comissionados, a partir de 1º de julho até 31 de dezembro deste ano.
Segundo Alexandre Russi, o município herdou uma dívida no valor de R$ 27 milhões da gestão passada e em razão disso, Jaciara amarga prejuízos. Desse total, R$ 4 milhões já foram pagos pela nova administração.
Medidas de economia também foram aplicadas, no entanto, Andréia ressalta que ainda é necessário fazer novos ajustes para tirar Jaciara do vermelho sem precisar demitir funcionários. A arrecadação da cidade, conforme a gestora, é insuficiente para arcar com as despesas fixas do município.
"Foi a forma que encontramos após muitos estudos e reuniões com o nosso secretariado. As auditorias também apontam para esse caminho. Não é uma situação confortável para ninguém, porém, pior que reduzir é demitir e todo mundo precisa trabalhar para garantir seu sustento. Queremos tranqüilizar todos os colaboradores de que essa medida é temporária e logo tudo voltará à estabilidade", destacou a prefeita.
Trecho do decreto, diz que "as medidas apresentadas visam melhor adequar essas situações à realidade econômica-financeira de Jaciara, sem prejuízo da prestação de serviços perante a coletividade".
A medida tem como base o artigo 169, inciso 3º e 4º da Constituição Federal que trata das medidas a serem tomadas pelo gestor público para adequação das despesas com pessoal nos parâmetros e limites estabelecidos pela Lei Complementar nº 101/2000. Resumindo, o limite máximo com gastos de pessoal é de 54%.
Segundo Alexandre, o município ultrapassou os limites integral e prudencial estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em relação aos gastos com pessoal que atingiram os percentuais de 64,35% .
"Medidas como contenção de gastos do Poder Executivo Municipal e outras providências são algumas ações para vislumbrarmos mais adiante um equilíbrio fiscal. Fizemos todos os cálculos possíveis e imagináveis e realmente não tivemos outra saída para tirar Jaciara do vermelho. Nosso intuito é recolocar Jaciara nos trilhos e estamos trabalhando muito para que isso, de fato, aconteça", diz o secretário.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos