PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Visando a segurança de banhistas, deputado propõe Programa de Segurança Aquática em Mato Grosso

Aprovado em 1ª votação, projeto quer criar palestras e campanhas de conscientização sobre as normas de segurança.
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), aprovou nesta quarta-feira (11), em primeira votação, o Projeto de Lei n. 166/2020, elaborado pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT), que institui o Programa Estadual de Segurança Aquática em todo o Estado. O objetivo do parlamentar é ajudar no enfrentamento a acidentes com banhistas e praticantes de atividades aquáticas nos rios, represas, lagos e outros espelhos d’água, bem como em estabelecimentos com piscinas, tanques aquáticos e similares. Esses locais são muito procurados pelos mato-grossenses, principalmente nos fins de semana.
O PL visa conscientizar a população sobre as normas de segurança, por meio de palestras, campanhas, entre outros, sobre a importância do cumprimento das normas estabelecidas pelos órgãos competentes.
“Uma mistura de situações que leva muitas vezes a acidentes, alguns chegam a ser fatais e o que queremos com a apresentação desse projeto, é justamente resguardar vidas. Nós sabemos que uma das formas de lazer mais procuradas pelos mato-grossenses está relacionado aos rios, mas também sabemos dos acidentes que acontecem. Por isso, é importante fazermos algo que possa conscientizar as pessoas sobre os riscos e cuidados que todos devem ter”, pontuou Barranco.
O parlamentar lembra ainda que a fiscalização é essencial nesse processo, mas reconhece que o efetivo ainda é aquém da demanda. “A falta de efetivo dos órgãos de fiscalização, acabam fazendo com que esses acidentes, infelizmente, sigam ocorrendo, então é preciso também aumentar esse efetivo e assim teremos uma fiscalização mais eficaz”, acrescentou.
De acordo com o Projeto, uma das ações de orientações e segurança aquática está em formar cidadãos multiplicadores que possam difundir o uso de práticas seguras em ambientes aquáticos; conscientizar sobre riscos e perigos de ambientes aquáticos, desmistificar mitos acerca dos mesmos, bem como implementar programa de aprendizagem de natação para crianças e jovens com caráter preventivo, entre outros.
As “ações do Programa Estadual de Segurança Aquática, observadas as disponibilidades orçamentárias e financeiras, poderão ser implementadas em parceria com entidades e empresas ligadas às atividades aquáticas”, como assegura o artigo 4º.
Mês de Segurança Aquática
Como uma maneira de fortalecer o Programa, o PL institui o mês de novembro como o mês de Segurança Aquática, no qual vão ser intensificadas as ações com palestras e atividades voltadas para a propagação dos cuidados que devem ser tomados na prevenção e segurança aquática.
O Governo do Estado de Mato Grosso ficará responsável pela regulamentação da Lei, bem como, propiciar a devida execução do Programa Estadual de Segurança Aquática.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos