Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

sábado, 16 de outubro de 2021

Crea-MT presente no 11º Encontro Nacional de Ouvidorias do Sistema Confea/Crea

A ouvidora do Conselho
Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Carolinna de Mello Khalil participou de forma virtual nos dias 13 e 14 de outubro, no 11º Encontro Nacional de Ouvidorias do Sistema Confea/Crea (Enouv), promovido pelo Confea, que reuniu representantes de regionais online. “ O evento vem ao encontro do Regional de Mato Grosso, pelo Crea-MT exercer a “Boa Prática” de inter-relação entre os setores, sempre buscando celeridade nas demandas, assistindo o cidadão e os profissionais das Engenharia, Agronomia e Geociências com soluções rápidas abrangendo a rotina de trabalho, propondo melhor qualidade e eficiência nos atendimentos registrados através da Ouvidoria”, destacou Carolinna.
Ainda segundo a ouvidora do Crea Mato Grosso, o encontro propôs temáticas relacionadas a Lei de Acesso a Informação (LAI), Lei Geral de Proteção de Dados (LGPS), bem como” Boas Práticas da Ouvidoria”, além de Quiz sobre os temas e discussões de dúvidas e atualizações.
O Enouv contou com a participação do presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, que destacou que existem três linhas básicas de proteção da gestão: Auditoria, Controladoria e Ouvidoria. “Essas áreas norteiam as nossas ações”, comentou, depois de esclarecer sobre a realização dos encontros técnicos. “Temos realizado esses encontros nas mais diversas áreas: TI, Comunicação, Jurídico. O objetivo é atingirmos a unicidade de ação entre os Creas, o Confea e a Mútua. É essencial que as Ouvidorias do Sistema se reúnam”, pontuou Krüger na abertura do 11º Encontro Nacional de Ouvidorias do Sistema/Crea e Mútua.Os trabalhos foram coordenados pela Ouvidora do Confea, Adriane Chandelier, e tiveram a participação da eng. agr. e de seg. trab. Ana Carolina Brito, do Data Protection Officer (DPO) do Confea, na terminologia em inglês, e assessor da presidência do Confea, Alessandro Bruno e integrante da Superintendência de Estratégia e Gestão (SEG), comandada por Renato Barros, e ainda de Luiz Rossafa, engenheiro agrônomo que responde pela chefia de gabinete do Conselho Federal.
Com diferentes níveis de informação sobre as leis e sua aplicação no universo do Sistema Confea/Crea, os participantes trataram da finalidade da LAI e da LGPD, o que é pedido de acesso à informação, exigências ou não de justificativas, além de recursos cabíveis entre outros itens relacionados como a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), criada em 2018 e sancionada em 2019, e órgão federal responsável por fiscalizar e aplicar a LGPD.
Alessandro também historiou o processo de implementação da legislação, no Confea, iniciado em 2018 e que em 2021 está em execução e revisão, destacando os seus desdobramentos, e o Guia Geral para Proteção de Dados Pessoais, preparado pelo Confea e que em 20 páginas, em linguagem simples, trata da aplicação no Sistema e também da LAI e da LGPD.
Adriane, por sua vez, informou que está sendo desenvolvido e testado um novo sistema para a Ouvidoria que deverá estar funcionando em 2022. Anunciou a revisão do Manual da LAI, já com as adequações sugeridas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pediu a colaboração dos Creas e também lembrou dos bate-papos, online, feitos com os ouvidores em maio e junho últimos.
Ao encerrar o 11º Enouv, Rossafa falou da “responsabilidade da transparência das ações do Sistema e do acesso às informações”. Destacou a relevância das Ouvidorias, “que ganham cada vez mais importância na atuação de governos e empresas, alimentando a cultura do compliance”, e defendeu que “os profissionais têm que ser surpreendidos com a eficiência e a eficácia de nossa atuação. Temos que atender dentro da expectativa”.
Para ele, a Ouvidoria “tem papel estratégico, relevante e é um setor em constante movimento por seu relacionamento com profissionais, sociedade e com os departamentos do Crea e do Confea, inclusive o jurídico, para que as respostas tenham assertividade”.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos