PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

EDUCAÇÃO: Deputado Claudinei concorda com registro audiovisual de aulas lecionadas na educação de MT

O parlamentar votou favorável ao projeto que propõe filmar docentes, no exercício da profissão, em salas de aulas da rede pública estadual.
Na defesa pela transparência por parte do servidor público à sociedade, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), em sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (10), votou favorável ao projeto de lei de n.º 867/2019 que dispõe sobre a proibição de constrangimento ao livre exercício docente nas salas de aula de estabelecimentos do sistema de ensino de Mato Grosso. De autoria do parlamentar Valdir Barranco, a matéria foi acatada pela maioria dos deputados. “Deixo todo o meu respeito aos professores, a minha mãe que é professora aposentada, no Paraná. Observando melhor o projeto, não vejo nenhum problema com essa transparência. Nessa pandemia da Covid-19, os professores passaram a lecionar via vídeo, em suas casas, sendo acompanhados por alunos e, às vezes, pelos pais. Até as aulas foram gravadas, sendo acompanhadas por vídeo. Então, isso é transparência”, declarou Claudinei.
Projeto
O projeto proíbe a filmagem dos professores, no exercício da docência, de qualquer estabelecimento educacional, que tenha o objetivo de constranger ou limitar o livre pensamento, a liberdade de expressão e a ética educacional. Os registros só poderão ocorrer mediante autorização, sem prejuízo das medidas cíveis e criminais cabíveis.
Também, a matéria prevê a segurança aos docentes a qualquer tipo de ameaça e desrespeito. “Não vejo nenhum problema. O aluno entender que deve gravar a aula e o professor evitar qualquer irregularidade dentro de sala de aula, como usar a sala para debater ideologias partidárias. O professor tem que lecionar o que está nos livros. Não vejo problema, por causa da transparência. Servidor público tem que trabalhar com transparência”, declara o parlamentar.
Claudinei aproveita para citar sobre alguns estados brasileiros já aderirem câmeras em viaturas e nos uniformes de policiais militares. “Essa é a oportunidade, daquele policial militar dar transparência naquele atendimento ao serviço público, para ver se está havendo alguma anormalidade na ocorrência”, conclui o deputado.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos