PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

domingo, 14 de novembro de 2021

Wellington Fagundes anuncia filiação de Jair Bolsonaro no dia 22

Senador usou as redes
sociais para dar as boas vindas ao presidente da República. O presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai se filiar ao Partido Liberal no próximo dia 22, pela qual deverá disputar a reeleição no ano que vem. O senador Wellington Fagundes, que esteve com o presidente na última segunda-feira, 8, comemorou a filiação e previu que o partido deverá se constituir numa grande força eleitoral em 2022. Pouco antes da abertura da Conferência sobre o Estatuto do Pantanal, nesta quarta-feira, 10, Wellington Fagundes, postou nas redes sociais a informação e fez um comunicado aos filiados da sigla, através de um vídeo. Ele ressaltou o trabalho de convencimento ao presidente e a outras forças políticas ligadas a Jair Bolsonaro para que ingressasse no partido.
“Já é oficial. A filiação será no dia 22, numero do nosso partido, e também o ano em que vamos reeleger nosso presidente Bolsonaro” – disse, ao pedir esforço de todos para ajudar a fortalecer a agremiação partidária. A meta, segundo ele, é fazer do PL um dos maiores partidos do Brasil.
Para 2022, além do PL forte, Fagundes previu a construção de um grande arco de aliança política para sustentar a recandidatura de Jair Bolsonaro. Entre os partidos que devem compor essa aliança está o PP, que poderá indicar o vice de Bolsonaro. “Vamos somar com todos os partidos, fazer uma grande coligação e promover o desenvolvimento do nosso país” – acrescentou.
Bolsonaro estava sem filiação partidária desde 2019. Há meses, começou a negociar seu ingresso no PL, com várias reuniões com os dirigentes. Na quarta-feira, o presidente decidiu oficializar que ingressará na sigla liberal.
Sobre as eleições em Mato Grosso, Wellington reafirmou sua condição de pré-candidato ao Senado. “Tenho um trabalho intenso e que gostaria de ser avaliado pelos eleitores que me elegeram e aqueles que nos acompanham nas nossas atividades” – disse. Ele acredita que a formação do quadro eleitoral só se dará, de fato, a partir do ano que vem.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos