Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

RELATOR DA EDUCAÇÃO: Wellington garante R$ 137,1 bilhões para a Educação em 2022

Relatório aprovado pelo Congresso prevê retirada de recursos do Fundão para volta às aulas, engrandecimento de universidades públicas e ensino técnico profissionalizante.
O Congresso Nacional aprovou, nesta terça-feira, 21, o relatório do senador Wellington Fagundes (PL-MT) para a Educação, prevendo mais de R$ 137 bilhões para investimentos no setor, no ano que vem. A proposta inicial era de quase R$ 135 bi, mas após uma articulação do senador, foram acrescidos quase R$ 2,5 bilhões. O texto prevê ainda a retirada de recursos do Fundo Eleitoral – o chamado Fundão – para ajudar nesta recomposição.
Com o cobertor orçamentário cada vez mais curto, neste período de pós-pandemia, cada recurso para a retomada econômica é bem-vindo, em especial dessas áreas que serão cruciais em 2022. “Tenho dito que durante a pandemia os grandes heróis foram os profissionais da Saúde. Mas agora, temos que dar todas as condições para que a Educação pós pandemia seja prioridade”, afirmou Fagundes.
O programa “Educação Superior – Graduação, Pós-Graduação, Ensino, Pesquisa e Extensão”, do qual são beneficiados as universidades federais e hospitais universitários, recebeu R$ 244,3 milhões. Já o programa “Educação Profissional e Tecnológica”, do qual são beneficiados os institutos federais e CEFETs, recebeu R$ 208,2 milhões.
As ações que mais receberam recursos na área da Educação foram “Reestruturação e Modernização das Instituições Federais de Ensino Superior”, com R$ 181,2 milhões de acréscimo, “Reestruturação e Modernização das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica”, com R$ 151,3 milhões e “Apoio a Entidades de Ensino Superior não Federais”, com R$ 58,0 milhões.
Na fase geral, o setor foi beneficiado com R$ 1,9 bilhão de acréscimos líquidos, chegando a R$ 137,0 bilhões no total.
“A nossa maior conquista foi, primeiramente, fazer um orçamento reforçado, que contemplasse a retomada econômica por meio da educação. Para que isso acontecesse, meu relatório previa a economia em praticamente todas as áreas, inclusive do Fundo Eleitoral”, afirmou o senador.
Wellington também celebrou as demais conquistas setoriais do Orçamento, que contaram com seu voto de aprovação. “Também conseguimos recompor milhões de reais para a nossa respeitada Embrapa, ajudando a melhorar o plantio, a colheita e a chegada da comida na mesa do brasileiro. Também ao seguro rural do nosso trabalhador do campo, aos nossos policiais, e àqueles agentes comunitários que tanto batalharam para prevenir doenças. enfim, alocaremos recursos em todas as áreas que mais necessitarão de atenção do poder público no ano que vem”, completou.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos