Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT

sexta-feira, 25 de março de 2022

QUALIFICAÇÃO: Presidente do Sindenergia destaca necessidade de investir em mão-de-obra qualificada

Setor de energia
renovável está em crescimento no mundo e, consequentemente, demanda de profissionais qualificados para atender o mercado. Investir em mão-de-obra qualificada para atender o setor de energias renováveis, que está em pleno crescimento não só no estado, mas também em todo Brasil. Esse foi um dos objetivos do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás no Estado de Mato Grosso (Sindenergia), ao fazer a entrega nesta quinta-feira (23.03) da doação de R$ 180 mil em equipamentos para o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Campus Cuiabá, Cel. Octayde Jorge da Silva. Os materiais equiparão três laboratórios das cidades onde serão ofertados o Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) de Energia, promovido pelo Programa do Governo Federal Qualifica Mais Energif.
“Grandes investimentos estão sendo feitos no Brasil na parte de energia renovável, pois existe uma carência de mão-de-obra avassaladora no país inteiro nesse mercado. Então, vimos essa oportunidade de contribuir para a formação de novos alunos, novos profissionais, que vão integrar a cadeia de geração distribuída e trazer sucesso para todos. Tanto dos futuros clientes que vão ter instalações bem-feitas e para esses profissionais que vão levar uma renda para a sua família”, declarou o presidente do Sindenergia, Thiago Vianna de Arruda, durante a entrega dos equipamentos.
Para o diretor-geral do campus Cuiabá Cel. Octayde Jorge da Silva, professor Alceu Aparecido Cardoso, essa parceria é de muita importância, pois dará condições de que o aluno possa ter conhecimento na prática com equipamentos de última geração que estão no mercado.
“Muitas vezes é difícil para nós conseguir adquirir equipamentos porque é preciso investimento. Então, ter parceiros como o SINDENERGIA é muito bom, pois conseguimos dar a capacitação para o aluno atender o mercado com qualidade. Ou seja, atender as empresas que formam o próprio sindicato”, ressaltou Cardoso.
Já o coordenador Adjunto Energif do campus Cuiabá, professor Saulo Pieretti, disse o Instituto oferece cursos na área de energias renováveis desde engenharia, passando por cursos técnicos e de formação inicial. “Não é novidade para ninguém que as energias renováveis estão despontando no mercado e, dentre elas, principalmente aqui na nossa região, a solar. Temos dentro do nosso ‘know how’ desde cursos como engenharia, cursos técnicos e cursos também de formação inicial continuada que utilizam dessas técnicas, tanto na área de instalação quanto na área de projeto”, explicou Pierretti.
Eletricista e instalador autônomo, Cleverson de Souza do Carmo busca qualificação na área e é aluno de instalador de energia renováveis no IFMT. “Vi a possibilidade de agregar conhecimento na minha carreira profissional e estou gostando muito do curso. Experiência única e um aprendizado a mais. Então, só agradecer a oportunidade porque as energias renováveis serão o futuro do nosso país”, afirmou Cleverson.
Qualifica Mais Energif -A chamada foi publicada pela Setec/MEC no mês de
setembro de 2021 para oferta de cursos de qualificação profissional de Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis com o objetivo de promover a ampliação da oferta de profissionais qualificados para o segmento das Energias Renováveis, por meio da Bolsa-Formação, para o público-alvo com 18 anos ou mais de idade, e com Ensino Fundamental completo.
O Curso FIC de Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis terá uma carga horária de 200 horas, na modalidade presencial. Foram disponibilizadas 1.020 vagas para a Região Centro-Oeste e o IFMT foi beneficiado com 600 vagas que serão ofertadas pelos Campi: Cuiabá – Cel Octayde Jorge da Silva, Pontes e Lacerda – Fronteira Oeste e Campus Avançado de Sinop, todos com 200 vagas cada.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos