Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

quarta-feira, 13 de dezembro de 2023

Botelho fala sobre construção de nova rodovia que dá acesso à Chapada dos Guimarães e cobra autorização de trânsito do agro na MT-251"

O Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho comentou na manhã desta quarta-feira 13.12, sobre os principais temas debatidos durante o ano de 2023, e respondeu vários comentários com relação aos projetos de lei, e a possibilidade de realizar novas sessões somente no início de 2024, entre os dias 04 e dia 8 de janeiro.
Entre um dos projetos marcantes deixados pelo legislativo o deputado está a aprovação de projetos voltados para mulheres, e meio ambiente. “A ALMT foi protagonista de diversas discussões, escalem-te no que tange a violência contra a mulher e meio ambiente” destacado. O deputado também respondeu sobre a decisão do governo em proibir o trânsito de caminhões e ônibus na rodovia MT-251, que dá acesso à chapada e outros municípios. Para Botelho é preciso de uma fiscalização mais intensa no local, uma vez que requer cuidados por conta da gravidade da situação.
O governo decidiu pela interdição de alguns veículos, principalmente os mais pesados ​​por conta das constantes penetração de terras registradas nas proximidades do Portão do Inferno, um dos pontos turísticos muitos visitados por turistas.
Para o deputado foi tomada a decisão da Secretaria de Infraestrutura (SINFRA), de suspender o tráfego de caminhões com cargas. E defendeu além da redução, a fiscalização de caminhões que transportam o agro por conta das sérias dificuldades da estrada. Ainda seguindo o deputado, a MT é para ser somente para carros de passeios por conta de ser uma estrada parque e de turismo.
Disse também que os caminhões que vêm de outras cidades carregados, como por exemplo de Campo Novo dos Parecis e outros locais transportando produção da agro, estão entrando por esta estrada enquanto eles deveriam pela BR.
“Tem que haver uma fiscalização muito séria ali. Porque tenho muitos trânsitos, inclusive os que transportam o agro que está atrapalhando o trânsito. A situação é grave e precisamos dar uma atenção especial para este local.Botelho afirmou que já conversou com o secretário Marcelo Padeiro para dar uma atenção especial, e garantiu que a polícia deve agir duramente em cima das fiscalizações no local de agora em diante.
O presidente também falou sobre a construção da nova rodovia que liga a Avenida dos Trabalhadores à estrada da Chapada dos Guimarães. Segundo o deputado já está sendo investido cerca de R$ 100 milhões de reais na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), e na Lei Orçamentária Anual (LOA), para dar início no processo. Inclusive garantiu que a ALMT se comprometeu a fazer o projeto e doar para Sinfra para que pudesse acelerar essa construção.
A expectativa é que a construção da nova rodovia possa ser iniciada ainda no início de 2024. Cerca de mais 30 KM de rodovia. Que corta o Parque Nacional chegando após a cidade da chapada dos Guimarães.
Ainda segundo o deputado, a chegada da estrada na cidade de Chapada, a construção seria uma obra de arte por conta do túnel que precisa ser feita, e ficaria um pouco mais cara, mas que a ALMT está disposta a ajudar o governo na construção desse trajetória.
“A Assembleia está pronta para participar, e acredito que o governo está sensibilizado do que precisa ser feito. E o governo já tem uma proposta de duplicar até pelo menos até a Salgadeira, o que resolveria muitos problemas da rodovia. Por conta dos trechos que têm condições de fazer alongamentos, e trazer até mais próximo da cidade a duplicação.
Botelho também falou sobre as emendas que seriam destinadas à saúde, para que fossem realizadas as cirurgias, cerca de 50% foram sugeridas para os deputados pelo governo.
O presidente destacou que os deputados ainda estão discutindo essa proposta e acreditam nas previsões dela.
O deputado também falou sobre o caso do envolvimento de alguns servidores da Secretaria de Saúde em um envolvimento em fraudes licitatórias apontadas pela Operação Espelho. Botelho afirmou que está aguardando as investigações e que cada deputado pode discutir em plenário ou requerer qualquer investigação.O deputado também falou sobre a sua saída do União Brasil para ser candidato a prefeito por outra agremiação. E reforço que o governador Mauro Mendes, presidente da UB estadual, tem o prazo de 15 dias para decidir sua estadia ou não fazer partido.
“Ainda tenho 15 dias, e espero ter uma conversa até no final da semana que vem para tomarmos essa decisão. Não podemos deixar para o ano que vem porque é ruim para mim e para o Fabio Garcia, até porque temos que montar os nossos quadros de pré-candidatos a vereadores, e ainda tivemos dois meses para que isso pudesse ser feito”. Destacou. Afirmou ainda que neste ano de 2023 essa decisão será tomada.
Bara Botelho ainda existem muitas discussões em torno das eleições de 2024. “Temos muito tempo pela frente, e mundas mudanças vão acontecer. Tem gente que pode ser candidato hoje e não ser amanhã. Podem aparecer candidatos e fatos novos”.
Botelho também rebateu a conversa de que seria infiel, ou caso traidor deixe o partido do governador para construir sua candidatura a prefeito em outra sigla.
“Traidor jamais. O que seria traidor? Quem transferiu, quem defendeu? Quem mais esteve à frente defendendo esse governo que está bem hoje, graças às ações que fizemos aqui! Desde quando isso é traição? Retrucou.
Para Botelho, caso o governador não fosse uma escolha para ser o candidato a prefeito, ele também não enxergaria uma decisão como uma traição.
“Desde quando mudar de partido é traição? São opções políticas de cada um não tem nada de traição, faz parte da política. No final quem vai decidir quem merece ser prefeito é povo, o resto é conversa fiada”. Destacou o deputado.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos