Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sexta-feira, 22 de dezembro de 2023

Vereadora critica LOA 2024: “Cuiabá deve abandonar Emanuel”

A vereadora por Cuiabá, Maysa Leão (Republicanos) utilizou a Tribuna da Sessão Ordinária desta quinta (21.12) para evidenciar os aspectos negativos para o município de Cuiabá com a Lei Orçamentária Anual de 2024. Maysa, que analisou a Lei e participou das audiências públicas, afirma que a cidade está endividada e que irá precisar de um “desenrola”, para quitar as dívidas da capital:
“A gente percebe a dificuldade de Cuiabá de fazer um planejamento para 2024. Como é que eu vou investir se eu estou em dívida? Vamos precisar de um ‘desenrola Cuiabá’ para ver se Cuiabá sai do Serasa?” indaga a vereadora Maysa, ao não concordar com a atual situação econômica da cidade, que trava investimentos na cidade.
Na LOA 2024, foi apresentado um orçamento que traz investimento de direitos humanos e pessoas com deficiência, na casa de R$100 milhões, e coloca para a Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb) R$200 milhões, somando com iluminação pública que anda precária. Ainda no documento, o Fundo da Pessoa com Deficiência caiu de R$1.3 milhão para R$600 mil.
“De certo, as pessoas com deficiência melhoraram muito a vida para poder ter essa diminuição”, disse Maysa Leão no Plenário.
Já na pasta da Educação, foram anunciados pouco mais de R$900 milhões para a área. No entanto, segundo a parlamentar, há 9% do fundo de 2020 que não foram investidos pela gestão, e que deveriam ter sido revertidos nos anos seguintes e "não serão até o fim do mandato do prefeito". Ela classifica como abandonada a educação do Município de Cuiabá, que carece de condições melhores para professores, servidores e alunos.
Outro ponto da LOA 2024 que sofreu diminuição, foi o da regulamentação fundiária. O setor caiu de um investimento de R$40 milhões em 2023, para R$23 milhões. "Melhorou a regularização fundiária do município?", indagou a vereadora Maysa.
Já na Secretaria Municipal da Mulher, que vem com apenas R$8 milhões de investimento, “Oito milhões de reais para a cidade que no ano passado foi a campeã em feminicídios?”, questionou a vereadora Maysa Maysa.
Para a parlamentar, esses fatores acontecem porque a cidade ‘está quebrada’ e perdeu a capacidade de investir e realizar convênios com a União e o Estado. Na última semana, a capital mato-grossense perdeu a Nota de Capacidade de Pagamento do Tesouro Nacional pelo quarto ano consecutivo. “Sinto que o prefeito Emanuel abandonou Cuiabá. Está na hora de Cuiabá abandonar Emanuel Pinheiro”, concluiu a vereadora Maysa Leão.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos