Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

Defensoria Pública de Mato Grosso vai colaborar na elaboração do Orçamento Mulher

A Assembleia Legislativa criou um grupo de trabalho que vai estudar o orçamento que é destinado às políticas públicas voltadas para as mulheres. A Defensoria Pública de Mato Grosso, representada pela defensora Rosana Leite, participou da reunião da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) que debateu o “Orçamento Mulher”. O encontro foi realizado na manhã desta quinta-feira (8) e na oportunidade a instituição foi convidada a colaborar na elaboração da proposta.
De acordo com Rosana, a Defensoria tem compromisso com os direitos humanos das mulheres e vai trabalhar junto à ALMT e as outras instituições para que as políticas públicas sejam realidade para as mulheres. “É preciso lembrar da importância de se pensar na multiplicidade de mulheres no orçamento, para que 100% delas sejam contempladas, pois não há como se falar em empoderamento, se não pensarmos que somos múltiplas: negras, brancas, quilombolas, ribeirinhas, indígenas, LGBTQIAPN+”, disse Rosana.
Na oportunidade, a defensora ainda falou sobre o plano estadual de políticas para mulheres, que é o primeiro plano de direitos humanos de Mato Grosso e que, de acordo com ela, precisa ser considerado, por conta das muitas políticas públicas constantes nesse documento.
Rosana Leite aproveitou a oportunidade para falar sobre a pesquisa com os familiares, amigas e amigos das primeiras vítimas de Feminicídio de 2023 que terá resultado entregue no início de março, no qual apontará as ações a serem realizadas pelo Poder Público para evitar futuras mortes.
O deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), presidente da comissão de orçamento, explicou que a proposta do orçamento mulher consistem em alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, e acabar com todas as formas de discriminação contra esse públicos referentes ao usufruto de direitos, oportunidades e recursos, independente das diferenças e necessidades.
“Vamos identificar no orçamento existente todas as ações que dizem respeito às mulheres. Temos apenas 0,01% do orçamento da segurança pública, o que nos dá 500 mil reais. Identifiquemos e cobrar ações do município e do governo. Precisamos agir diretamente, e discutir alternativas para as mulheres, na saúde, no planejamento das suas ações”, disse Avallone.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos