Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

quarta-feira, 17 de abril de 2024

Greve deixa Grécia "sem notícias" por 24 horas

Jornalistas gregos anunciaram paralisação para protestar contra baixos salários e alto custo de vida. Rádios e televisões não apresentaram notícias e diversos portais ficaram sem atualizações.O Sindicato de Jornalistas dos Jornais Diários de Atenas (ESIEA), maior entidade de classe do setor na Grécia, anunciou na terça-feira (16/04) uma greve em todos os setores da mídia do país por 24 horas.
A ação ocorre na véspera de uma greve geral anunciada pela Confederação Geral dos Trabalhadores da Grécia (GSEE), que na quarta-feira deve paralisar o transporte público em todo o país, incluindo ônibus, metrô, balsas e até táxis.
Nesta terça-feira, rádios e canais de TV gregos não divulgaram notícias e diversos portais de notícias da internet não atualizaram seus sites. Outros portais se limitaram a publicar reportagens previamente elaboradas.
A "greve de notícias" teve início às 5h da manhã desta terça-feira e deve durar até 5h da manhã de quarta-feira.
Como consequência, jornais impressos também não devem ser publicados na quarta.
Demandas e queixas
O sindicato ESIEA disse que a paralisação é um protesto contra "condições de trabalho anárquicas e salários muito baixos".
A entidade ainda apontou que a recusa dos empregadores do setor privado em fechar acordos coletivos de trabalho "fez com que os trabalhadores recebessem salários baixos". Os salários, segundo o sindicato, "não são suficientes para cobrir suas necessidades básicas familiares e pessoais".
O sindicato também disse que os baixos salários pressionam negativamente o jornalismo e os jornalistas e, em última análise, a qualidade das informações que, segundo o ESIEA, são "a pedra angular do funcionamento democrático".
O aumento da inflação também tem exacerbado o problema. O jornal semanal To Vima, de Atenas, calcula que os preços subiram cerca de 37% na Grécia nos últimos dois anos.
A inflação na Grécia chegou a 3,2% em março. "Não são apenas os trabalhadores de mídia, mas toda a sociedade grega enfrenta uma série de aumentos explosivos consecutivos, que criaram uma situação sufocante para as famílias que veem sua renda e recursos praticamente aniquilados", disse a ESIEA.
jps/bl (DW, dpa, ots)Caminho Político
@caminhopolitico cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt
Curta nosso facebook: /cp.web.96

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos